in

Moderação do crescimento na Suíça

De acordo com o relatório da seguradora de crédito Crédito y Caución, o consumo privado na Suíça crescerá em 2019. O Banco Central da Suíça mantém taxas de juros negativas desde 2015, o que ajudou a conter a valorização da moeda e ajudará a impulsionar os gastos das famílias em 2019. A inflação permanecerá, de acordo com as previsões do relatório, abaixo de 1% em 2018.

Após o sólido desempenho económico da Suíça, em 2018, impulsionado pelas exportações da indústria manufatureira, a Crédito y Caución espera que o crescimento do PIB se modere para próximo de 1% em 2019. Esta desaceleração é influenciada, principalmente, pela menor procura externa por parte da Zona Euro e dos Estados Unidos e por um menor crescimento do investimento.

Atualmente, a Suíça está a negociar um novo acordo institucional com a União Europeia. Se esse acordo não for alcançado, é provável que as trocas comerciais com a Europa sejam prejudicadas.

Desde 2015, as insolvências de empresas suíças registam aumentos anuais devido à complexidade do ambiente económico. Em 2019, o aumento das falências corporativas deverá ser de cerca de 5%, chegando aos 7.200 casos.

Bosch aumenta o tempo de vida das baterias dos carros elétricos

IKEA abandona a produção nos Estados Unidos