in

Missão Continente apoia vítimas de violência doméstica

Missão Continente

A Missão Continente associa-se à Secretária de Estado para a Cidadania e Igualdade com a doação de bens alimentares e de higiene às estruturas e respostas de acolhimento para vítimas de violência doméstica e tráfico de seres humanos.

No âmbito do decreto de estado de emergência para fazer face à pandemia por Covid-19, as entidades têm demonstrado especial preocupação pelo possível aumento da violência doméstica devido ao confinamento às suas habitações.

Assim, e visto que mais pessoas poderão precisar de apoio, foram criadas 100 vagas adicionais de acolhimento em duas novas estruturas, a juntar às 65 estruturas de acolhimento existentes. A Missão Continente vai doar bens alimentares e de higiene a estas estruturas

As vítimas de violência doméstica ou pessoas que conheçam situações de violência, para além da linha telefónica de apoio 800 202 148, ou do e-mail violencia.covid@cig.gov.pt, têm agora disponível um novo sistema de envio de SMS – 3060, que visa simplificar o pedido de ajuda.

Esta é mais uma medida da Missão Continente que, desde a chegada do coronavírus a Portugal, já respondeu a vários pedidos de apoio, distribuindo milhares de bens alimentares, de higiene e equipamentos de proteção individual por dezenas de entidades, em que se incluem hospitais, autarquias e instituições de solidariedade.

Além das solicitações que chegam por causa da situação excecional que o país vive, a Missão Continente mantém as habituais doações diárias das suas lojas a mais de mil instituições de solidariedade social e apoio a animais, de norte a sul do território continental e arquipélagos, assegurando a entrega de acordo com as necessidades de cada organização.

Covid-19: Como o teletrabalho pode ser mais inclusivo

mercado imobiliário

CBRE apresenta as principais tendências do sector imobiliário para os próximos 10 anos