in

Mercadona nega estar a negociar terrenos no MARL

A Mercadona nega estar em negociações com a SIMAB – Sociedade Instaladora de Mercados Abastecedores para a localização de futuras instalações nos terrenos do MARL – Mercado Abastecedor Regional de Lisboa, nos arredores de Loures, como havia avançado o Jornal Económico.

De acordo com o periódico na sua edição online, o operador espanhol que irá entrar em Portugal estaria a negociar uma eventual presença no MARL, não só para a sua operação em Portugal, como também para o grosso do grupo em Espanha.

Contudo, e em nota enviada à redação da Grande Consumo, a Mercadona nega estar a negociar ou a analisar terrenos no MARL. Assumindo a existência da reunião com o presidente da SIMAB, Rui Paulo Figueiredo,  que levou à publicação da notícia que daria conta de um eventual interesse da insígnia em ocupar espaço no MARL, a Mercadona diz ter-se tratado “de um encontro institucional para que a empresa conhecesse o trabalho que o MARL desenvolve“.

A Mercadona tem plataformas logísticas próprias e não costuma recorrer a espaços dentro de mercados abastecedores. Quando a empresa tiver informação sobre uma futura plataforma logística em Portugal comunicará, mas por enquanto não há avanços sobre este tema“, pode-se ler no esclarecimento recebido.

Publicidade

Lidl deixa de imprimir talões de compras nas suas lojas na Suíça

Migros imita a Amazon e lança supermercado sem caixas de pagamento