in

Luís Simões aumenta produtividade logística graças ao sistema Pick To Light

A aposta em tecnologias inovadoras, como o novo sistema Pick To Light, permitiu à Luís Simões melhorar os índices de produtividade no processo logístico de preparação no canal de venda direta, impactando positivamente as condições de trabalho dos seus profissionais, ao reduzir o esforço físico na preparação de pedidos.

O projeto, desenvolvido e implementado durante o ano de 2017, consistiu na implementação de um sistema Pick To Light que tem como suporte físico três carts formados por 12 slots com dispositivos luminosos. Desta forma, o sistema permite a preparação simultânea de 12 pedidos, ou seja, uma redução do tempo de preparação, obtendo um maior número de pedidos num único processo.

O sistema funciona com o suporte de um novo software que permite agrupar esses 12 pedidos por meio de algoritmos específicos.

Paralelamente a esta operação, foi adquirido um equipamento de leitura por radiofrequência, denominado ring scan, que, colocado numa das mãos do operador, permite o uso de ambas as mãos na preparação do pedido. Assim, o resultado da implementação deste projeto consiste na melhoria da produtividade dos operadores na preparação dos pedidos, reduzindo o tempo e a consequente diminuição do número de movimentos repetitivos desnecessários e os erros na preparação.

O teste de resistência do projeto foi realizado durante a campanha de Natal, um dos principais picos de vendas do ano, com a preparação de mais de 400 guias diárias na maior parte dos dias.

Publicidade

Novas tecnologias entre os produtos com maior intenção de compra no online

Amazon foca-se na conveniência