in

L’Oréal e startup unem-se para enxaguar o champô com 5 vezes menos água

Num momento em que o acesso à água é um tema estratégico, a L’Oréal e a Gjosa anunciaram que agora é possível enxaguar o champô com apenas 1,5 litros de água, em vez dos oito litros normalmente necessários.

A startup suíça  desenvolveu um chuveiro de baixo fluxo (dois litros de água por minuto) que quebra o fluxo de água enquanto acelera a velocidade das gotículas, mas que mantém a eficácia do enxaguar.

Para otimizar a operação, os cientistas da L’Oréal desenvolveram champôs mais fáceis de enxaguar aplicados diretamente no chuveiro. Alguns parâmetros do jato de água foram ajustados em condições reais para obter o enxaguamento correto, sem respingos, e reduzindo o consumo de água e energia em quase 70%.

O acesso à água é um problema crescente em todo o mundo. O consumo mundial de água está a crescer duas vezes mais rápido que a população e, segundo a ONU, em 2025, dois terços da população mundial pode estar a viver em condições de stress hídrico. O champô e o gel de banho requerem uma quantidade considerável de água, daí a vantagem de encontrar uma maneira de usar cada gota da melhor maneira possível.

Os protótipos do novo chuveiro estão a ser testados, atualmente, em vários salões de cabeleireiros do mundo, como na África do Sul e nos Estados Unidos da América, antes de prever a implantação dessa tecnologia no mercado de cabeleireiros profissionais.

Publicidade

Cristal entrega sete mil euros à Casa Acreditar

Couteiro Mor em exclusivo na Garcias