L'Oréal
Foto Shutterstock
in

L’Oréal cresce a duplos dígitos

A L’Oréal fechou o primeiro semestre com um crescimento de dois dígitos na sua faturação. Especificamente, as vendas líquidas da gigante de cosmética totalizaram 15.197 milhões de euros, o que representa um acréscimo de 16,2% face ao mesmo período do ano anterior. Em termos comparáveis, a subida ascende a 20,7%.

Todas as linhas de negócio da empresa apresentaram evoluções positivas, entre janeiro e junho, destacando-se os produtos profissionais, cuja subida foi de 32,6%, para 1.779 milhões de euros, e a cosmética ativa (+32%), com vendas de 1.982 milhões de euros.

No entanto, a divisão com maior volume de negócios foi a de produtos de consumo, com receitas de 5.963 milhões de euros, 1,9% mais, à frente da L’Oréal Luxe, que vendeu no valor de 5.472 milhões, o que representa um aumento de 24,9%.

Em relação ao segundo trimestre, a L’Oréal obteve uma faturação de 7.582 milhões de euros, o que representa um aumento de 29,6% em relação ao mesmo período de 2020.

 

Crescimento em todas as regiões

Todas as regiões onde a L’Oréal opera conseguiram melhorar os seus valores interanuais, com destaque para a Europa, cujas vendas ascenderam a 4.857 milhões de euros (+11,6%), Norte da Ásia, com 4.671 milhões (+23,2%) e América do Norte, com 3.766 milhões (+13,8%).

Da mesma forma, a área geográfica composta por Sudeste Asiático, Pacífico, Médio Oriente, Norte de África e África Subsariana apresentou um volume de negócios de 1.094 milhões de euros, mais 13,3%, enquanto a atividade da empresa na América Latina observou vendas de 809 milhões de euros (+22,7%).

Aldi Nord

Aldi Nord adere à Tony’s Open Chain

Diageo

Diageo fecha o ano fiscal em positivo