in

Leroy Merlin entre as 25 melhores empresas para trabalhar em Portugal

A Leroy Merlin foi galardoada, pelo Great Place to Work Institute Portugal, como uma das 25 Melhores Empresas para Trabalhar em Portugal e distinguida com o prémio social “Atração de Jovens Talentos”, atribuído com base na representatividade de jovens na empresa, no seu nível de satisfação no trabalho e na qualidade das políticas promotoras da atração de talentos.

Estes prémios vêm reconhecer uma estratégia de foco e desenvolvimento dos colaboradores, assente numa política de empregador responsável e nos valores da empresa”, diz a Leroy Merlin.

O primeiro lugar no prémio de “Atração de Jovens Talentos” vem na sequência de uma estratégia de captação, desenvolvimento e retenção de talento jovem, com vista ao desenvolvimento e aceleração dos planos de crescimento da empresa. Atualmente, 19% dos colaboradores têm menos de 25 anos, que, no inquérito realizado pelo Great Place to Work Portugal, demonstraram ter um nível de confiança de 80% na empresa, o que a distingue positivamente no panorama nacional.

A criação de programas de estágios (curriculares, profissionais e de verão), com protocolos com 11 universidades para a integração dos melhores alunos nas suas estruturas, programas de trainees ou programas de aceleração de talentos de âmbito internacional são igualmente reveladores das políticas de recursos humanos adotadas. De acordo com Ana Herrero, diretora de recursos humanos da Leroy Merlin, “a captação e integração de jovens talentos é um eixo fundamental da estratégia da Leroy Merlin e vamos continuar esta aposta através do trabalho conjunto com os nossos parceiros. O processo de seleção para o 4.º Programa de Trainees da Leroy Nerlin começa já em abril e incentivamos a todos os interessados a participarem”.

Presente em Portugal desde 2003, a empresa conta atualmente com 2.700 colaboradores, integrados nas 12 lojas existentes em território nacional e nos serviços internos. O plano de expansão para 2018 prevê a abertura de duas novas lojas, em Leiria e em Aveiro, para as quais serão recrutados cerca de 300 colaboradores.

Publicidade

Publicidade

SIAL destaca a inovação com laboratório de tendências alimentares

Bruxelas vai regular práticas comerciais desleais na cadeia alimentar