in

Kiabi doa 300 mil peças de roupa a maternidades e famílias desfavorecidas

Em parceria com a Cruz Vermelha Francesa e associações locais, a Kiabi vai doar 300 mil peças de vestuário para adultos, crianças e bebés, de forma a atender às necessidades mais urgentes dos sem abrigo, famílias desfavorecidas, mulheres vítimas de violência doméstica, pessoas com deficiência ou que sofrem de dependência e, geralmente, as pessoas mais vulneráveis e mais afetadas pela crise de saúde na Europa.

Parte da doação de roupas vai assumir a forma de distribuição de kits de emergência para crianças nas maternidades francesas. Ao fornecer 50 mil peças para bebés, a Kiabi está a dar resposta à necessidades das novas mães, com 27 maternidades francesas, incluindo as do grupo Ramsay, a serem cobertas por esta iniciativa.

A Fundação Kiabi vai também doar 200 mil euros a associações, com 50% deste valor destinado à Cruz Vermelha Francesa para financiar iniciativas de emergência em França, Itália, Bélgica, Espanha e Portugal, onde residem mais de 90% dos colaboradores e clientes da marca. Em França, isso irá contribuir para a criação de um serviço de cuidador social para atender às necessidades urgentes das famílias mais vulneráveis. “A Kiabi sempre esteve muito próxima das famílias e das novas mães. Deve estar ainda mais próxima agora neste momento de confinamento, fornecendo o seu apoio através de doações a nível local, sempre que necessário”, afirma Elisabeth Cunin, presidente da Kiabi.Há mais de 40 anos que o nosso objetivo tem sido apoiar famílias em todo o mundo nos momentos difíceis da vida. Nesta crise de saúde inédita, era óbvio que tínhamos que ‘fazer’ a nossa parte e comprometer-nos com um esforço coletivo. Optamos por apoiar principalmente as pessoas que estão em situações de maior risco com a situação atual, em particular as mães e mulheres mais pobres, vítimas de violência doméstica, bem como todas as famílias que precisam de assistência urgente na Europa. Gostaríamos de elogiar as equipas da Cruz Vermelha Francesa e todas as associações locais que estão a fazer um excelente trabalho em campo e agradecemos sinceramente a todos os nossos funcionários que estão a trabalhar para apoiar estas entidades cruciais. A nossa tarefa coletiva é, agora mais do que nunca, trazer um pouco de felicidade, um sorriso ou um pouco de paz de espírito, sempre que pudermos”, reforça Béatrice Héricourt e Patrick Stassi, co-líderes da Kiabi.

Publicidade

Coty começa a produzir álcool gel para higienização das mãos

Marketplace Fnac disponível para ajudar empresas nacionais