in

Johnnie torna-se Jane para atrair as apreciadoras de whisky

A Diageo planeia lançar uma versão feminina da sua marca de whisky escocês Johnnie Walker, chamada Jane Walker, naquela que é a sua última abordagem para atrair as consumidoras de bebidas espirituosas.

A Jane Walker, uma edição limitada da versão Johnnie Walker black label, começará a ser vendida no próximo mês. Pela primeira vez em mais de um século, o rótulo foi alterado para mostrar uma mulher de botas a segurar no seu chapéu.

Esta estratégia de marketing acontece no seguimento da campanha lançada pela Diageo intitulada #LoveScotch, que mostrou imagens de jovens mulheres a beberem whisky juntas. “Percebemos que devemos ser bem-sucedidos em ativamente fazer marketing junto das mulheres“, disse Syl Saller, diretor de marketing da Diageo, ao The Wall Street Journal. “Tem tido resultados positivos, particularmente em categorias que seriam consideradas mais masculinas, como o whisky escocês”.

Esta edição limitada estará disponível no mercado norte-americano por 34 dólares, cerca de 27,60 euros, o mesmo preço da garrafa normal de Johnnie Walker black label.

Publicidade

Concorrer com a Mercadona sai caro às outras cadeias

Aldi Portugal publica Política Nacional de Compra de Bem-Estar Animal