in

Jerónimo Martins quer entrar na Roménia

A Jerónimo Martins quer entrar no mercado romeno. Em entrevista ao Jornal Económico, Pedro Soares dos Santos, CEO do grupo retalhista português, assumiu o objetivo e que espera que possa acontecer no curto prazo. “Espero que sim. Depende do que cada um entende por curto prazo. Não sei se é em 2019. Para mim, curto prazo são dois anos, a dois anos e meio”, indicou.

Sem dar grandes detalhes de como se processaria essa expansão, Pedro Soares dos Santos afirmou que, tendo atingido dimensão na Polónia, faz sentido abordar outro mercado da Europa Central. Recorde-se que a Jerónimo Martins possui 2.900 lojas Biedronka na Polónia, sendo já a quarta maior empresa na Europa Central.

Questionado sobre um eventual interesse no grupo DIA, que se encontra em processo de oferta pública de aquisição por parte do seu acionista maioritário, o CEO do grupo negou essa possibilidade. “Não está na Colômbia, nem está na Polónia, nem na Europa Central”, sublinhou. Embora presente na América Latina, está em “países que não nos interessam. Tem um portfólio que não serve o nosso interesse”.

Publicidade

Publicidade

Checkpoint Systems apresenta nova plataforma de software inteligente

DIA considera que proposta da LetterOne poderá levar à sua insolvência ou dissolução