in

IVDP aumenta participação na Prowein

O Instituto dos Vinhos do Douro e do Porto (IVDP) tem nesta edição da Prowein, que decorre entre 18 e 20 de março, em Düsseldorf, na Alemanha, a maior participação de sempre.

O espaço ocupado pelos vinhos do Porto e Douro, integrado no sector Wines of Portugal, é de 540 metros quadrados e ocupa cinco ilhas. Estão presentes 75 produtores da Região Demarcada do Douro (RDD), repartidos por 64 stands no Pavilhão 10, ala Norte.

Durante os três dias da feira, decorrem, numa área reservada para o efeito, 19 provas comentadas e seminários, nove dos quais organizados pelo IVDP e os restantes da responsabilidade de aentes económicos da RDD. Serão abordados temas como “Introduction to Port” por Alex Probst, autor do blog “World of Port” e do livro PortWein; “Old Ports” por Bento Amaral, diretor dos Serviços de Certificação do IVDP; “Port & Chocolate” por Axel Probst; “The well known Douro and the unknown Douro” por Bento Amaral; “Portuguese Grape Varieties” por António Graça, PORVID e “Vintage Port 2015”, por Bento Amaral.

A Prowein é a maior feira do sector dos vinhos e espirituosos exclusivamente para profissionais. Portugal é, neste momento, o sexto maior expositor, sendo mais de metade dos expositores oriundos de Itália e França, seguidos da Alemanha, Novo Mundo, Espanha, Portugal e Áustria. Segundo dados da organização da feira, a edição de 2017 bateu mais uma vez o recorde com 6.615 expositores e 58.502 visitantes de mais de 60 países.

Também presentes na Prowein estão os vinhos da Região do Tejo, que registaram um crescimento de 19,8% nas exportações para mercados estratégicos. O peso das exportações dos vinhos da Região do Tejo, no total das suas vendas, subiu para 33%. Em 2017, o destaque foi para o Brasil, onde as vendas cresceram 82%, seguido da Polónia (23,8%), Alemanha (13,7%), Estados Unidos da América (7,2%) e China (5,09%).

Estes são resultados que levam a Comissão Vitivinícola Regional do Tejo – CVR Tejo a reafirmar a convicção na sua estratégia, estabelecida há três anos e que terá em 2018 novas ações de promoção. É o caso da participação dos vinhos da região em vários concursos internacionais, dos quais se destacam o International Wine Challenge (IWC) e o Decanter World Wine Awards, ambos no Reino Unido, o MundusVini e o Berliner Wein Trophy, na Alemanha, e o Enoexpo Wine Competition, na Polónia, a par da participação nas mais importantes feiras mundiais.

Publicidade

Vinho é o produto menos comprado pelos portugueses online

Fábrica de Chocolates Casa Grande na Fnac Café com novo conceito Coffee Choc