in ,

Investimento da Konica Minolta em I&D ascende a 650 milhões de euros por ano

A Konica Minolta, através dos seus Business Innovation Center (BIC), está a desenvolver novos serviços, produtos e tecnologias que garantem mais e melhor inovação aos clientes, em áreas como automação de informação, saúde, tecnologias empresariais e workplace digital.

Os Business Innovation Centres (BIC) da Konica Minolta promovem o desenvolvimento de toda a estratégia de criação do produto ou serviço, facilitam a incubação de novas ideias e permitem a co-inovação integrando startups. Localizados na América do Norte (Silicone Valley), Europa (Londres, Berlim/Munique, Brno), Ásia Pacífico, China e Japão, os BIC da Konica Minolta têm por objetivo, através da combinação da inovação e tecnologia, identificar as principais áreas de crescimento e de investigação para onde a Konica Minolta pode expandir o seu atual portfólio, mas também focar-se em novos produtos e serviços.

Orientados principalmente para projetos de médio e longo prazo, o BIC da Konica Minolta têm identificadas três principais áreas de desenvolvimento, dentro do seu âmbito de atuação e de promoção de novas ideias: digitalização de dispositivos e a tecnologia TIC, melhor ambiente e melhor qualidade de vida e diversidade e inovação. Estas três áreas confirmam a evolução da Konica Minolta ao longo dos seus 140 anos, começando como uma startup direcionada para o desenvolvimento de produtos de hardware, até à sua realidade mais atual enquanto grande empresa inovadora orientada para o digital e para a disponibilização de soluções empresariais que promovem a transformação digital dos seus clientes.

Neste momento, com iniciativas como a Workplace Hub, solução tecnológica concebida para os locais de trabalho do futuro, que reúne numa única plataforma toda a tecnologia necessária ao funcionamento de uma organização, a Konica Minolta, juntamente com alguns parceiros, abraça uma nova forma de olhar o mundo empresarial.

Para a Konica Minolta a inovação nas empresas acontece quando existe, de forma transversal, dentro de cada empresa, uma convergência de criatividade, “Thought Leadership” e inovação que garantem que os seus objetivos estratégicos são atingidos. Esta realidade sustenta-se em diversos pilares de inovação das empresas que passam pelos clientes, por parceiros e alianças estratégias, por inovações orientadas ao negócio, investimentos e F&A e por um portfólio de serviços enquadrado no mercado em que a empresa se insere.

Publicidade

Grupo Lusiaves já valoriza 97% dos resíduos que produz

Nobre e Damien Gaudin apoiam a Associação para o Desenvolvimento Internacional