in

Herdade Grande assinala centenário com Génese de Baco

Em celebração do centenário, a Herdade Grande fundiu vinho e arte e lançou uma homenagem à herança da viticultura alentejana. Assim nasceu a edição especial Génese do Baco, exclusiva caixa de seis garrafas que apresenta uma pintura com o mesmo nome, da autoria do artista António Saiote.

Trata-se de uma edição única de 500 caixas, de seis garrafas, um produto de coleção lançado para fechar a celebração do centenário da Herdade Grande, assinalado em 2020. Cada caixa expressa, na própria madeira e em cada uma das seis garrafas, uma pintura a óleo. “O Génese de Baco é um vinho de edição especial que apresentamos como um sentido tributo ao nosso centenário. Assim, homenageamos a herança da viticultura antiga alentejana, inspirados pela pintura a óleo do artista e nosso bom amigo António Saiote, um apaixonado pelo Alentejo, a quem só podemos agradecer a amizade e a honra de connosco partilhar a sua arte. É um privilégio podermos honrar, desta forma, a nossa região, o nosso centenário, o trabalho da terra e o que a terra nos dá”, afirma António Lança, proprietário da Herdade Grande.

Reforçando o carácter único de uma edição que vem perpetuar o centenário da Herdade Grande, a caixa Génese do Baco está disponível para venda exclusiva nas lojas (online e física) da própria herdade.

 

Vinho

O vinho, um Grande Reserva da colheita de 2014, apresenta um lote de identidade tipicamente alentejana (Aragonez, Trincadeira e Alicante Bouschet), com estágio de 12 meses em barricas de carvalho francês e cinco anos de evolução em garrafa. Segundo o enólogo da Herdade Grande, Diogo Lopes, “mostra o carácter, distinção e garra dos grandes vinhos alentejanos. É um tinto que proporciona já uma excelente prova, mas é igualmente um produto de coleção, ideal para guarda e valorização em garrafeira. Apresenta a tradicional fruta madura alentejana, taninos firmes e um final longo e persistente, num vinho que vai crescer em garrafa, surpreendendo com novas camadas de complexidade”, afirma.

Publicidade

Algas

Unilever usa as algas para limpar superfícies

Natal

Natal leva a alterações no consumo