in

Hamburgo proíbe cápsulas de café

A cidade alemã de Hamburgo está a proibir a utilização de cápsulas de café em instituições públicas e organismos governamentais.

A autarquia publicou um catálogo de 150 páginas onde incluiu os produtos que não podem ser comprados utilizando dinheiros públicos e aqueles que são considerados amigos do ambiente. O objetivo é “utilizar o poder de compra do Estado para catalisar a inovação”, com o catálogo a proibir o uso futuro de produtos de limpeza à base de cloro, garrafas de água em plástico e cápsulas de café em alumínio.

A cidade de Hamburgo quer, ainda, diminuir para metade o consumo de combustíveis fósseis nos transportes públicos até 2020, com a aposta em veículos elétricos, e restringir o uso de algumas lâmpadas e até tintas para paredes.

Publicidade

Lidl continua a ser a cadeia que mais cresce no Reino Unido

Manuel J. Monteiro lança campanha para fogões Junex