in

Lego doou 50 milhões para apoiar famílias impactadas pela Covid-19

Imagem Shutterstock

Com muitas famílias em casa e milhões de outras a enfrentar insegurança profissional, médica e alimentar, a Lego Foundation e o Grupo Lego juntaram forças para apoiar as necessidades das crianças neste tempo sem precedentes.

Criámos duas importantes iniciativas para ajudar todas as crianças ,da mais vulnerável em campos de refugiados e em países devastados pela guerra àquelas que esperam pelo fim de uma quarentena comunitária“, refere a marca em comunicado.

A primeira iniciativa é um donativo de 50 milhões de dólares americanos da Lego Foundation para apoiar as crianças que mais precisam, para garantir que continuam a ter acesso às ferramentas para aprender a brincar, que desenvolve capacidades para toda a vida. O donativo vai ser dividido por três grupos de parceiros. São eles a Education Cannot Wait, que providencia educação a crianças em situações de emergência ou crise; uma seleção de parceiros já existentes da Lego Foundation, cujo trabalho com crianças está sobre pressão adicional, devido à Covid-19; e parceiros de solidariedade que servem comunidades onde o Grupo Lego tem uma presença significativa. O objetivo é alcançar rapidamente as crianças afetadas por esta crise com os meios essenciais e proporcionar-lhes o apoio necessário para continuarem a aprender a brincar.

A segunda iniciativa é inspirada pela magnitude do impacto desta crise na educação das crianças. A UNESCO estima que mais de 160 países fecharam as suas escolas, impactando 87% da população estudante do mundo. São mais de 1,5 mil milhões de crianças em idade escolar que estão atualmente sem aulas, um número que provavelmente aumentará nas próximas semanas. “Juntámos, então, os nossos designers, ‘experts’ e criativos. Pesquisámos nos arquivos e encontrámos novas maneiras de proporcionar diversão, ideias para aprender através da brincadeira para crianças e pais. A nossa esperança é aliviar algum do stress que as famílias enfrentam ao tentar manter as suas crianças curiosas e interessadas“, explica a marca.

Assim, foi criado o www.LEGO.com/letsbuildtogether e lançado o #letsbuildtogether nas redes sociais como forma de partilhar ideias de construção, desafios diários criados pelos Lego designers, construções retro e “build-alongs” com os fãs.

Os especialistas da Lego Foundation vão partilhar também formas distintas de inspirar a aprendizagem através de várias maneiras de brincar, para ajudar as crianças a desenvolver capacidades como pensamento crítico, criatividade e resolução de problemas, mesmo fora da escola. “Sabemos que é difícil as crianças estarem fora da sala de aulas e do seu ambiente normal de aprendizagem. Queremos ajudar os pais e as famílias a fazer o melhor possível, porque sabemos que, quando brincam, as crianças aprendem. Aprendem importantes capacidades como a colaboração, comunicação e resolução de problemas. Estamos investidos em continuar a apoiar, desenvolver e inspirar as crianças nestes tempos tumultuosos”, afirma Niels B. Christiansen, CEO do Grupo Lego.

Com este último donativo, somam-se 212 milhões de dólares que a Lego doou nos últimos 18 meses para levar a aprendizagem através da brincadeira a crianças em países afetados por crises. Isto inclui 100 milhões doados ao Comité de Resgate Internacional e aos seus parceiros, em dezembro de 2019; 12,5 milhões doados à Education Cannot Wait, em setembro de 2019; e 100 milhões de dólares doados à Sesame Workshop, em dezembro de 2018.

 

Vinhos do Alentejo lançam plataforma de vendas online para ajudar produtores

Leroy Merlin

Leroy Merlin cria novo modelo de atendimento