in

Grupo Lego apresenta um crescimento a dois dígitos na primeira metade de 2020

Alta requisição de produtos fez aumentar as vendas ao consumidor

O Grupo Lego reportou os resultados dos primeiros seis meses de 2020, com as receitas a crescerem 7%, para 15,7 mil milhões de coroas dinamarquesas, comparado com o mesmo período de 2019.

As vendas ao consumidor cresceram 14% face à primeira metade de 2019 e a quota de mercado global da marca aumentou. O lucro operacional foi de 3,9 mil milhões de coroas dinamarquesas, num aumento de 11% quando comparado com o ano anterior. “Os bons resultados são devidos a uma equipa incrível. Quando a Covid-19 fechou as nossas lojas e escritórios, os nossos colaboradores fizeram tudo o que podiam para ficar em segurança e trazer a brincadeira às crianças e famílias em todo o mundo. Quero agradecer-lhes pelo seu extraordinário contributo e o seu esforço constante”, afirma o CEO do Grupo Lego, Niels B. Christiansen. “Durante a primeira metade, vimos os benefícios dos nossos investimentos em iniciativas de crescimento a longo prazo, como o e-commerce e a inovação nos nossos produtos. O nosso portfólio foi apelativo para todas as idades e as nossas plataformas de e-commerce, recentemente melhoradas, e a nossa ágil cadeia de distribuição foram capazes de responder à procura online. Colaborámos, também, de perto com os nossos parceiros no retalho, para garantir que conseguiam dar resposta aos seus consumidores online.” 

O grupo conseguiu um crescimento nas vendas de dois dígitos nos seus maiores mercados, incluindo Américas, Europa Ocidental, Ásia-Pacífico e China. O crescimento do lucro operacional deveu-se às fortes vendas, apesar de um grande investimento em iniciativas de crescimento a longo prazo, o aumento do custo de envio dos produtos e o encerramento (a pedido dos governos locais) das fábricas no México e na China.

O lucro líquido cresceu 13%. Ajustado para o impacto do câmbio estrangeiro nos empréstimos entre empresas, que não tem impacto no caixa, o lucro líquido caiu 1% para 2,6 mil milhões de coroas dinamarquesas. O fluxo de caixa manteve-se forte nos 4,1 mil milhões de coroas dinamarquesas.

 

Portfólio forte para construtores de todas as idades

As gamas com melhor performance em todo o portfólio Lego são Lego Technic, Lego Star Wars, Lego Classic, Lego I Disney Princess, Lego Harry Potter e Lego Speed Champions.

O Grupo Lego lançou também “Let’s Build Together”, uma iniciativa digital criada para proporcionar momentos de educativos através da brincadeira para crianças que viram a vida escolar interrompida pela pandemia. Cerca de 90% das crianças em idade escolar estiveram fora do seu ambiente de aprendizagem, durante grande parte da primeira metade do ano. A iniciativa “Let’s Build Together” viu milhares de horas de conteúdo online e ideias de brincadeiras alcançarem mais de 80 milhões de utilizadores em todo o mundo. “Estamos muito satisfeitos pelo apelo contínuo do sistema de brincar Lego e a força da marca. Durante a primeira metade do ano, conseguimos atrair novos construtores de todas as idades, que começaram a brincar com Lego para ajudar neste período difícil. Mais famílias estão a brincar e a aprender juntas com peças Lego e estamos a ver mais adultos do que nunca a divertir-se com os nossos sets mais desafiantes”.

 

Investimentos estratégicos

Durante a primeira metade de 2020, o Grupo Lego continuou a investir em iniciativas de crescimento a longo prazo, criadas para atingir a sua ambição de chegar a ainda mais crianças em todo o mundo. “Muitas das maiores tendências que estão a moldar a nossa indústria – como a digitalização e o e-commerce – estão a acelerar como resultado da pandemia. Vimos um forte crescimento nas brincadeiras digitais e tradicionais, uma rápida mudança para o e-commerce e a importância de ter um modelo operacional global.”

Neste período, o grupo revelou o Lego Super Mario, uma nova experiência que junta a brincadeira física e digital. Lançou também o Lego Monkie Kid, a primeira linha baseada no folclore chinês.

Houve, ainda, um aumento significativo no envolvimento nas experiências digitais Lego. Nos primeiros seis meses do ano, os downloads de instruções de construção digitais dobraram para dois milhões e a cada dois segundos, um novo conteúdo era partilhado no Lego Life, uma app digital segura, com mais de nove milhões de utilizadores em 80 países.

Os visitantes da plataforma de e-commerce lego.com dobraram para mais de 100 milhões na primeira metade de 2020, quando comparado com o mesmo período do ano passado. A empresa tem também planos para criar experiências físicas para o consumidor e prossegue o plano de abrir 120 lojas, em 2020, 80 das quais na China. Durante a primeira metade do ano, foram abertas 46, 30 das quais na China. “Enquanto o sector do retalho sofreu transformações nos passados seis meses, continuamos a ver grandes oportunidades no nosso modelo multicanal. Vamos continuar a investir no desenvolvimento de capacidade do e-commerce para apoiar tanto os nossos parceiros de retalho e a nossa própria plataforma e continuaremos a investir na criação de experiências físicas de marca para consumidores e fãs.”

 

Ajudar crianças a aprender a brincar

Durante os primeiros seis meses de 2020, o Grupo Lego apoiou aqueles que foram mais atingidos pela pandemia. Em parceria com a Lego Foundation, doou mais de 50 milhões de dólares a várias organizações que oferecem apoio a famílias em situação de emergência e ajudam as crianças a aprender a brincar. Doou também mais de 250 mil sets a crianças com necessidades.

O grupo adaptou também as suas máquinas de moldagem nas fábricas da Dinamarca, República Checa, Hungria e México para fabricarem mais de meio milhão de viseiras para os profissionais de saúde da linha da frente, que precisavam de equipamento de proteção. “Os primeiros seis meses de 2020 foram algo sem precedentes. Estou incrivelmente orgulhoso da equipa e da forma como responderam. Mantivemo-nos uns aos outros a salvo, ajudámos aqueles que mais precisavam e fizemos tudo o que estava ao nosso alcance para inspirar as crianças e as suas famílias, cujas vidas foram postas em espera, a aprender enquanto brincavam”, indica Niels B. Christiansen.

Publicidade

Kaffa Biodegradável

Kaffa lança nova cápsula biodegradável e compostável

Rozès

Vinhos da Rozès distinguidos pelos editores da Wine Enthusiast