Grupo Bimbo alcança recorde de vendas

Bimbo

O Grupo Bimbo registou um recorde de vendas líquidas no segundo trimestre, principalmente devido a uma mix de preços favorável e a um forte desempenho dos volumes em todas as regiões.

As suas vendas líquidas atingiram valores recorde para o período, somando cerca de 4.665 milhões de dólares, mais 18,1% do que no homólogo de 2021.

No México, mercado de origem do Grupo Bimbo, as vendas cresceram 21,6% face ao mesmo período do ano anterior, somando cerca de 1.536 milhões de dólares, resultado de um forte crescimento dos volumes e de uma combinação favorável de preços e produtos.

Além disso, a empresa adianta que todos os canais e todas as categorias alcançaram, neste trimestre, crescimentos de dois dígitos, destacando o canal de conveniência, as categorias de pão, pastelaria, bolachas e snacks.

O desempenho do segundo trimestre foi excecional, atingindo um nível recorde e com ganhos de quota de mercado em todo o nosso portfólio“, afirma Daniel Servitje, presidente do conselho de administração e CEO do Grupo Bimbo.

 

Desempenho internacional

Na região da América do Norte, as vendas em moeda local cresceram 16,8%, destacando -se a implementação de uma estratégia de preços bem-sucedida. Já na região da AEA (Europa, Ásia e África), as vendas líquidas cresceram 17,4%, para cerca de 430 milhões de dólares, “como resultado do aumento de preços, crescimento dos volumes e uma combinação favorável de produtos em quase todos os países, destacando-se Espanha e Portugal e o contributo inorgânico da aquisição da Medina del Campo, em Espanha, parcialmente compensado por um ambiente complicado na China, principalmente relacionado com restrições associadas à Covid-19“.

Entretanto, na América Latina, as vendas líquidas cresceram 37,7% excluindo o efeito da taxa de câmbio.

john-murphy-coca-cola-company

John Murphy vai ser o novo presidente da The Coca-Cola Company

GLS_Shopdeliveryservice

GLS amplia portfólio de serviços transfronteiriços