in

Gefco lança primeiro comboio-bloco neutro em carbono

A 15 de novembro, um comboio-bloco composto por 41 vagões partiu numa viagem de três semanas de Dunajska Strada, na Eslováquia, para Xi’an, na China. Este comboio-bloco é o primeiro comboio neutro em carbono da Gefco, operado para um cliente que procura soluções de transporte baixo em carbono para bens de consumo.

A Gefco irá compensar as 250 toneladas de CO2 geradas por este serviço porta-a-porta através de investimentos em projetos certificados Gold Standard. Além disso, o comboio será equipado com dispositivos Internet das Coisas (IoT) para garantir rastreabilidade, controlo de temperatura e integridade do produto durante todo o transporte.

Enquanto parceiros, é um prazer poder, graças a este comboio neutro em carbono, oferecer ao nosso cliente de longa data uma solução que marca uma nova etapa no desenvolvimento de um transporte de mercadorias sustentável. A procura do mercado por soluções mais amigas do ambiente está a aumentar, especialmente no transporte de longa distância. Na Gefco, calculamos o impacto ambiental das nossas soluções, pensamos em como minimizar as emissões e propomos soluções de compensação de toda emissão de carbono remanescente. O transporte ferroviário é uma maneira excelente de reduzir as emissões de carbono”, afirma Alice Defranoux, responsável transporte ferroviário na Gefco.

 

Nova Rota da Seda

A jornada de três semanas na Nova Rota da Seda inclui uma viagem entre a Eslováquia e Brest-Małaszewicze, na fronteira entre a Polónia e a Bielorrússia, onde as mercadorias serão transferidas de vagões ferroviários europeus para vagões russos para se adaptarem à bitola de 1,52 metros.

O comboio-bloco atravessa a seguir a Bielorrússia e a Rússia antes de chegar a Alashankou-Dostyk, no Cazaquistão, um nó importante da ponte terrestre da Eurásia, na fronteira com Xinjiang, porta de entrada na China. As mercadorias serão, então, carregadas em vagões chineses antes da sua entrega final em Xi’an.

Publicidade

Jerónimo Martins

Vídeo de Jerónimo Martins conquista Golfinho de Ouro em Cannes

Bricomarché Marinha Grande

Bricomarché investe mais de 3 milhões de euros na Marinha Grande