in

Fundador da Amazon torna-se no homem mais rico do mundo

Jeff Bezos, o fundador da Amazon, é o homem mais rico do mundo, com uma fortuna avaliada em 90.199 milhões de euros, segundo a lista elaborada pela Forbes.

É a primeira vez que alguém se classifica com um património tão valioso. Jeff Bezos somou 31.570 milhões de euros no último ano, o maior ganho registado pela Forbes nesse período.

Bill Gates, fundador da Microsoft, que liderou a lista dos homens mais ricos do mundo por 18 vezes, nos últimos 24 anos, ficou em segundo lugar, com um património avaliado em 72.481 milhões de euros, 69.260 mais que no ano anterior.

A Forbes assinala que a distância, medida em dólares, entre estes dois multimilionários é a mais ampla entre os dois primeiros classificadas desde 2001.

Warren Buffet, diretor executivo da Berkshire Hathaway, dona da Kraft Heinz, com uma fortuna de 67.649 milhões de dólares, é terceiro e o francês Bernard Arnault, atual presidente e diretor executivo da LVMH, a maior empresa de artigos de luxo do mundo, ascendeu sete posições e é quarto, com um património de 57.985 milhões de euros.

Com uma fortuna de 57.180 milhões de dólares, Mark Zuckerberg, fundador do Facebook, completa o top 5 dos homens mais ricos do mundo, que este ano não conta com o espanhol Amancio Ortega, o “senhor Zara, que, ao perder 1.047 milhões de euros, cai para sexto lugar, com um património de 56.374 milhões de euros.A lista da Forbes inclui 2.208 pessoas de todo o mundo, cuja fortuna ascende, no mínimo, a mil milhões de dólares. Há 259 estreantes e 121 saídas. Entre os “novos ricos”, estão empresários ligados às moedas virtuais.

Publicidade

Publicidade

Vendas de smartphones caem pela 1.ª vez desde 2004

Sogrape compra adega à Pernod Ricard