in

Farmacêutica suíça Labatec investe 15 milhões de euros em Portugal

A farmacêutica suíça Labatec inaugurou a sua primeira fábrica em Portugal, na presença do secretário de Estado da Internacionalização, Eurico Brilhante Dias, do embaixador da Suíça em Portugal, André Regli, do vice-presidente do Conselho Diretivo do Infarmed, Antonio Faria Vaz, e do presidente da Câmara Municipal de Sintra, Basílio Horta.

O projeto arrancou em janeiro de 2018 e, três anos depois, após um investimento de 15 milhões de euros e a contratação de 40 colaboradores portugueses a tempo inteiro, a Labatec inicia agora, oficialmente, a produção de medicamentos em Portugal, mais precisamente em Sintra, Mem Martins.

Toda a produção de medicamentos é destinada aos mercados de exportação da Suíça, do Médio Oriente e do Norte da África.

 

Labatec

A Labatec é uma empresa farmacêutica com sede na Suíça, com mais de 60 anos de experiência no fornecimento de produtos para 12 países, incluindo Suíça, Médio Oriente e África, com mais de 70 produtos e 280 referências no seu portfólio atual.

Em 2008, a Labatec foi adquirida por Samih Darwzah (1930-2015), fundador da Hikma Pharmaceuticals PLC, uma farmacêutica global, cotada na bolsa de Londres e a operar em mais de 31 países, incluindo Portugal.

Um dos principais objetivos da Labatec é vir a produzir para o mercado europeu e mercados de exportação, sendo que Portugal se encontra geograficamente muito bem posicionado para esse efeito. Viemos para ficar e para investir a longo prazo, pelo que, nos próximos três a cinco anos, temos em plano a contratação de mais 100 novos colaboradores para integrarem os quadros da Labatec em Portugal”, refere Faisal Darwazeh, CEO da Labatec.

A Labatec dedica-se à produção e distribuição de medicamentos dedicados a diversas áreas, como músculos e dores, saúde da mulher, analgésicos, oftalmologia e anti TB, incluindo injetáveis e orais para uso hospitalar.

 

Labatec
Faisal Darwazeh, CEO da Labatec

 

Fábrica

A nova fábrica da Labatec em Sintra ficará responsável pela produção de medicamentos orais para tratamento de doenças relacionadas com o sistema musculoesquelético, tais como esclerose múltipla, contraturas musculares e outras doenças musculares.

Com cerca de quatro mil metros quadrados de área, que inclui escritórios, produção, embalamento, laboratórios e armazém, a nova unidade fabril Labatec foi equipada com tecnologia de última geração e projetada seguindo os mais recentes e elevados padrões europeus de Boas Práticas de Fabrico (GMP).

Desenhada a pensar no futuro, esta nova fábrica tem uma capacidade inicial de produção de 250 milhões de comprimidos, sendo possível, e de forma rápida, expandir a sua produção para os dois mil milhões de comprimidos por ano, na sua capacidade máxima atual.

A ideia é oferecermos esta nossa capacidade extra de fabrico a outras empresas farmacêuticas europeias que procurem fabricar os seus produtos a partir de Portugal”, explica o CEO. “Em 1989, inaugurámos a farmacêutica Hikma, em Sintra, pelo que temos já uma longa história de investimento em Portugal na nossa família. O principal atrativo de Portugal era, na altura, e continua a ser, até hoje, as pessoas, a força de trabalho altamente qualificada que existe em Portugal”, acrescenta.

Publicidade

Pingo Doce

Pingo Doce permite o uso de embalagens próprias em todas as secções das lojas

Água Monchique

Água Monchique lança loja online