in

Esporão lança novas colheitas Private Selection

O Esporão lançou as novas colheitas dos clássicos Private Selection Branco e Private Selection Tinto.

O Esporão Private Selection Branco foi lançado em 2001, com o intuito de criar um vinho que desafiasse o perfil clássico dos vinhos brancos do Alentejo. As vinhas com idade média de 22 anos, conjugadas com a aposta na casta Sémillon e a seleção das barricas novas de carvalho francês, tornam a colheita de 2017 um vinho singular. “A untuosidade, riqueza e intensidade da casta Sémillon concedem a este vinho uma incrível longevidade”, garante o Esporão.

O Esporão Private Selection Tinto é uma continuidade do Esporão Garrafeira Tinto, lançado pela primeira vez em 1987. Na colheita de 2014, a conjugação das castas Syrah e Alicante Bouschet dá-lhe complexidade e estrutura, enquanto o Aragonez torna-o elegante. Depois das uvas serem pisadas a pé, na Adega dos Lagares, este vinho passa por um estágio em barrica de carvalho francês durante 18 meses.

Para a produção destes dois vinhos, segundo o enólogo David Baverstock, há três aspetos importantes. “Antes da vindima, selecionamos as melhores uvas para estes vinhos. Depois, a maneira como nós fazemos o processo de vinificação permite que estes dois vinhos adquiram uma grande estrutura, longevidade e potencial para guarda”.

O Esporão Private Selection Branco 2017 tem o rótulo ilustrado pelo artista Albuquerque Mendes. Uma fotografia do arquiteto e fotógrafo Duarte Belo ilustra o rótulo do Esporão Private Selection Tinto 2014.

A relação do Esporão com a arte remonta a 1985, ano em que lançou o primeiro vinho. Esta iniciativa de convidar um artista, todos os anos, para enriquecer e personalizar os rótulos de cada colheita Reserva e Private Selection já contou com 31 artistas portugueses, dois angolanos e um brasileiro.

Publicidade

Publicidade

Garden Gourmet é a nova marca flexitariana da Nestlé

Euronics está agora em Santo Tirso