in

El Corte Inglés negoceia abertura do maior armazém do mundo

Um mês após a Zara ter aberto no Paseo de la Castellana a sua maior loja do mundo, o El Corte Inglés, histórico inquilino desta zona, está a negociar com a autarquia de Madrid poder fazer o mesmo e ter o maior armazém do mundo.

Fontes oficiais confirmaram ao El Confidencial que a empresa presidida por Dimas Gimeno está a ultimar a sua proposta definitiva para aprovar um plano especial que comprou a uma empresa pública há dois anos por 136 milhões de euros. De acordo com aquele jornal, o El Corte Inglés esperava obter esta aprovação no verão, mas o ritmo das negociações está a ser mais lento. No entanto, a luz verde deverá ser obtida ainda este ano, o que permitirá o arranque das obras em 2018 e, um ano depois, o centro dos Nuevos Ministérios deverá ter uma extensão sobre o Paseo de la Castellana convertendo-se no maior armazém do mundo.

Com uma localização privilegiada no coração financeiro de Madrid, junto dos principais transportes e a poucos metros do estádio Santiago Bernabéu, o El Corte Inglés considera que representa uma oportunidade única para atrair os clientes internacionais de bens de luxo, especialmente os latino-americanos e asiáticos.

Publicidade

Publicidade

Valor da Amazon é multiplicado por 500 em 20 anos

Montiqueijo fatura mais de 6,3 milhões de euros em 2016