in ,

Danone reduz vendas em 6,6% em 2020

Danone
Foto Shutterstock

O grupo alimentar Danone registou um volume de negócios de 23.620 milhões de euros, em 2020, o que representa 6,6% menos do que no conjunto de 2019. No entanto, em termos comparáveis a queda foi de 1,5%.

Por outro lado, a Danone fechou o ano com um lucro líquido de 1.956 milhões de euros, o que representa um acréscimo de 1,4% face ao ano anterior, embora descontando o impacto dos atípicos, o lucro líquido recorrente da empresa francesa ascenda a 2.189 milhões euros, 13% abaixo do registado em 2019.

Por linhas de negócio, a faturação do segmento de lácteos diminuiu 2,6%, para 12.823 milhões de euros, enquanto as vendas da divisão de nutrição especial caíram 4,8%, para os 7.192 milhões de euros, e as das águas 21%, para 3.605 milhões de euros.

Já no quarto trimestre do ano, as vendas da Danone somaram 5.628 milhões, 9,8% menos que no mesmo período de 2019. Em termos comparáveis, a queda foi de 1,4%.

 

2021

Nas palavras do presidente e CEO do grupo, Emmanuel Faber, “à medida que a Covid-19 se tornou uma pandemia, em 2020, enfrentámos desafios materiais específicos de curto prazo, em várias das nossas principais categorias e geografias, mas também descobrimos oportunidades significativas de longo prazo, cuja existência está diretamente no quadro estratégico e na escolha do portfólio de categorias que fizemos nos últimos anos. 021 será um ano de recuperação, estamos focados em preparar o nosso retorno ao crescimento das vendas, assim que o segundo trimestre chegar, e estamos totalmente confiantes de que estamos a criar as condições e o impulso certos para nos reconectarmos com a nossa agenda de crescimento lucrativo“, acrescentou.

mercadorias

Comércio mundial de mercadorias regista forte recuperação

automóvel

Há menos portugueses a pretender comprar um automóvel