in ,

Covid-19 catalisa procura de alimentos sustentáveis

Foto Shutterstock

A pandemia de Covid-19 levou a um aumento na procura de alimentos biológicos e sustentáveis, indica a Ecovia Intelligence. O motivo reside na preocupação dos consumidores em procurarem opções mais saudáveis, de modo a reforçar o seu sistema imunitário.

Um pouco por todo o mundo, os retalhistas assistiram a um crescimento nas vendas de produtos biológicos, sendo que o aumento mais elevado foi reportado pelos operadores online.

 

Vendas de 150 mil milhões de dólares

A Covid-19 está a aumentar a consciencialização sobre a relação entre nutrição e saúde. Como tal, a Ecovia Intelligence prevê que as vendas globais de produtos biológicos, que atingiram os 100 mil milhões de dólares, em 2018, possam ultrapassar os 150 mil milhões de dólares, nos próximos cinco anos.

Mas se o crescimento da procura é uma boa notícia, o mesmo não se passa ao nível da cadeia de abastecimento global, que se tem ressentido das medidas de contenção decretadas para conter a propagação do vírus, nomeadamente, os confinamentos. Por exemplo, a Índia fornece a Europa e América do Norte de chá biológico, ervas aromáticas, especiarias e outros ingredientes, mas as medidas decretadas travaram o processamento alimentar e as exportações em março.

Não obstante, a procura por alimentos sustentáveis deverá permanecer forte, mesmo depois dos receios em termos de saúde se esbaterem, tal como aconteceu após as anteriores crises sanitárias, como o surto de SARS.

Publicidade

DS Smith

DS Smith lança nova estratégia de sustentabilidade “Now and Next”

NAT

Nestlé lança nova marca de cereais de pequeno-almoço