Bodyarmor
in

Coca-Cola fecha maior compra da sua história

Adquire os 85% restantes da Bodyarmor por 4.837 milhões de euros

A Coca-Cola redobra a sua aposta nas bebidas energéticas com a aquisição dos restantes 85% da empresa de bebidas energéticas Bodyarmor, por um valor de 4.837 milhões de euros, o que a torna na compra mais cara da história da multinacional norte-americana, acima dos 4.405 milhões de euros pagos pela Costa Coffee, em 2018.

O negócio não foi totalmente inesperado, uma vez que, já em fevereiro, a Coca-Cola tinha comunicado à Comissão Federal do Comércio norte-americana a intenção de reforçar a sua participação na Bodyarmor.

 

Bater-se com a Gatorade

Com esta aquisição, a Coca-Cola reforça-se na concorrência com a Gatorade da Pepsico, a bebida energética mais vendida para atletas. Dominante nos últimos 10 anos, a maior quota global da Gatorade foi atingida em 2015, com 76,6% das vendas. A concorrência de outros fabricantes tem vindo a subtrair-lhe algum peso, nos últimos anos, tendo fechado 2020 com uma quota mundial de 67,7%, de acordo com o mais recente estudo da consultora Euromonitor.

O catálogo de bebidas energéticas da Coca-Cola conta atualmente com as marcas Powerade e Aquarius, que se juntarão à Bodyarmor, que no ano passado superou a Powerade nas vendas, tornando-se na segunda mais vendida do mundo, atrás da Gatorade.

No seguimento do negócio, Mike Repole, fundador da Bodyarmor tornar-se-á conselheiro da Coca-Cola, podendo vir a desempenhar um papel fundamental no desenvolvimento do portfólio da multinacional norte-americana.

Publicidade

gKraft

Navigator lança uma nova linha de produtos de packaging

Nivea

Vendas da Beiersdorf sobem 4,3% no 3.º trimestre