in

CHEP expande colaboração com Intermarché em Portugal

A CHEP expandiu a sua colaboração com o Intermarché em Portugal, com o objetivo de harmonizar a cadeia de abastecimento, melhorar a sustentabilidade e reduzir os custos nas 243 lojas da insígnia no país.

O Intermarché colabora com diversos pequenos fornecedores locais. A cadeia de supermercados procura estabelecer parcerias com todos os seus fornecedores para melhorar as operações e, ao fazê-lo, a empresa espera otimizar a primeira etapa (“First Mile”) da cadeia de compras, de forma a garantir uma melhor experiência ao consumidor, tendo em conta a segurança alimentar e uma solução padrão de “pooling” de paletes para os seus produtos frescos/carnes. “O Intermarché coloca o cliente em primeiro lugar e sabe que uma primeira etapa bem-sucedida é crucial para aumentar a sua satisfação e fidelidade. A empresa procura que todos os seus fornecedores colaborem de forma coesa, para que os produtos certos cheguem aos locais certos, à hora certa. Tal é possível através do melhoramento da gestão de paletes e da normalização de protocolos“, refere o comunicado.

O projeto de soluções “First Mile” do retalhista prevê a integração dos fluxos dos seus fornecedores nos seus próprios fluxos internos. Isto inclui a implementação do novo sistema de TI do Intermarché, que permite uma comunicação em tempo real com todas as lojas e, consequentemente, uma gestão total dos recursos. O projeto também inclui outros objetivos, como evitar situações de falta de inventário, aumentar o controlo de inventário e otimizar as operações de transporte.

Como parte essencial da sua abordagem “First Mile”, o Intermarché planeia começar a utilizar paletes de plástico. A superfície sem poros das paletes de plástico faz com que não absorvam ácidos, gorduras ou odores. São também fáceis de limpar, o que as torna ideais para indústrias amplamente regulamentadas e concentradas na higiene, como a alimentar. A CHEP fornece paletes de plástico de vários tamanhos, de forma a satisfazer as diferentes necessidades da cadeia de abastecimento. As paletes são reutilizáveis, recicláveis e amigas do ambiente. Para tornar o processo de limpeza mais eficiente, o Intermarché instalou uma máquina de lavar paletes de plástico no seu principal centro de serviços, em Alcanena, 100 quilómetros a norte de Lisboa. “As paletes de plástico são muito importantes para a indústria alimentar, pelo que gostaríamos de aumentar o seu número na nossa cadeia de abastecimento. Estudámos a forma como o processo de gestão de pooling de paletes da CHEP contribui para melhorar a sustentabilidade e convidámo-la a participar nos nossos projetos de inovação. A colaboração com a CHEP também reduziu significativamente os nossos custos com transporte. Enquanto fornecedor de soluções integrais, o serviço da CHEP apresenta-se como uma referência”, afirma  José Godinho, coordenador operacional do Intermarché.

Publicidade

Lancers e IADE unem-se para criar uma edição especial de verão

HP certifica equipamentos para o canal Horeca em parceria com o Recheio