in

Caso Domino’s: como o comércio unificado ajudou a aperfeiçoar a agilidade operacional

Grande Consumo - Branded Content

Como é que a Domino’s Pizza tem mantido a sua posição na indústria de restaurantes de serviço rápido, durante tanto tempo, e como é que a Adyen está a ajudar a manter esta vantagem? Vamos explicar-lhe, mas adiantamos que muito se deve às soluções de comércio unificado por parte da Adyen.

 

“Que deliciosa fatia de inovação!”

Bom… Provavelmente, não são as primeiras palavras que lhe saem da boca quando come uma fatia de pizza. Mas se fossem não estariam erradas. Desde os restaurantes antigos, às iguarias entregues por drones nos dias de hoje, o mundo dos restaurantes de serviço rápido (QSRs) tem uma história rica de alavancar a inovação para satisfazer os nossos desejos intermináveis de hidratos e conveniência. E poucos QSRs incorporam essa história da mesma forma que a Domino’s.

 

Pioneira digital da entrega de pizza

Poucas são as marcas de restaurantes de serviço rápido que investem tanto em tecnologia e inovação como a Domino’s. Com uma abordagem de “primeiro a entrar”, lançou-se nos anos 90 no mundo online; em 2011, já tinha a sua própria app e foi ainda a primeira empresa a entregar pizza por drone.

Esta forte aposta na inovação vem do compromisso para com os seus clientes. “Trabalhámos muito para estabelecer as nossas próprias plataformas de e-commerce, garantindo que tínhamos a infraestrutura para gerir encomendas online e entregas com eficácia”, explica Casper Mooyman, diretor da Domino’s nos Países Baixos.

E é este empenho com a inovação que tem ajudado a garantir a posição da marca numa altura em que crescem empresas como UberEats, Glovo ou Takeway.com.

 

A Domino’s apostou na agilização da encomenda e entrega de pizzas – e foi aqui que os pagamentos Adyen passaram a desempenhar um papel fundamental para a gigante do QSR. “Para nós, um desafio que está sempre presente é conseguir facilitar ao máximo a encomenda de pizzas online. Quanto mais fricção acrescentarmos, mais será preciso e mais alta será a possibilidade de o consumidor sair do site sem fazer a encomenda”, explica Casper Mooyman.

Apesar de afirmar que os clientes não compram exclusivamente na marca por causa destas plataformas digitais, compram porque sabem que o processo é simples, seguro e sem interrupções.

Quantos mais métodos de pagamentos tivermos, e quanto menos fricção tiver a experiência, melhor para nós. É realmente importante para a Domino’s”. Mais uma vez, a Adyen destacou-se como o parceiro ideal.

 

Pizza e pagamentos unificados: o casamento perfeito

Numa indústria em que a velocidade e a conveniência são tudo, os QSRs como a Domino’s precisam de uma plataforma de pagamentos para agilizar as operações e manter o ritmo com a evolução dos pedidos do cliente. Longe vão os tempos em que o cliente queria conveniência nos pagamentos – o que agora não pode faltar é a hiperconveniência. Por essa razão, escolheram a solução de comércio unificado da Adyen para garantir que podem continuar a entregar experiências excecionais, agora e no futuro.

Consolidando os seus pagamentos online e em loja numa só plataforma, a Domino’s pode assegurar um nível de serviço muito além das vendas omnicanal, elevando tudo desde a eficiência operacional e tomada de decisões relacionadas com a fidelização dos clientes e empoderamento dos funcionários.

 

Melhorar a eficiência operacional nas franquias

Com uma plataforma de pagamentos unificada, a Domino’s pode desfrutar dos benefícios de uma agilidade operacional avançada, incluindo uma comunicação agilizada, pagamentos consistentes e transparentes, bem como opções de processamento de cashback. Tudo isto é criticamente importante para quaisquer negócios de franchising bem-sucedidos.

O painel de pagamento de dia de Vendas da Adyen fornece à Domino’s uma maior transparência operacional e consistência: os franchisings sabem exatamente quando recebem o pagamento e como as vendas resultam em pagamentos, canais e métodos de pagamentos, tudo discriminado por dia.

O comércio unificado permite também opções fortes de processamento de retorno. Se uma loja tiver problemas de conectividade à rede, a equipa da Domino’s pode continuar a aceitar pagamentos com processamento offline, na loja, futuro ou até a transferência para 3G ou 4G.

Quer sejam ferramentas preditivas para fazer escalas ou para fazer estimativas do número de funcionalidades que vamos vender esta semana. Torna o negócio mais forte. Previne os resíduos, previne que façamos a coisa errada. Então, a inovação é divertida, mas também necessária para melhorar o negócio”, afirma Andre Ten Wolde, CEO da Domino’s Europa.

 

Pizza pronta para o futuro com um acompanhamento de dados

Com todos os dados de pagamento num só lugar, a Domino’s tem uma visão geral centralizada das operações e localizada, perspetivas de clientes transversais a canais para os franchisings. Com perspetivas de pagamento unificadas, a Domino’s tem um entendimento muito maior das vendas, tendências de clientes e necessidades de preenchimento. A empresa pode rapidamente identificar oportunidades de melhoria imediata, enquanto também toma decisões melhores para o futuro, tais como para ter escalas de funcionários para períodos mais tranquilos do que nas horas de pico, ou que tipo de promoções são mais bem-sucedidas para aumentar a fidelização do cliente a longo prazo.

Aberto à mudança, aberto ao negócio

Voltamos à mesma pergunta do início: como é que a Domino’s consegue manter-se e tornar-se relevante com a concorrência de serviços take-away? Como a pandemia impactou a marca? O segredo é saber inovar.

Durante a pandemia, por exemplo, a Domino’s conseguiu reverter as vendas em loja para canais online muito melhor do que os que tinham configurações de pagamento mais limitadas. Esta é uma tendência que a Adyen tem observado em retalhistas que integram o comércio unificado e que viram as suas transações permanecerem consistentes durante a pandemia. Agora, o tipo de entrega contactless e serviço carry-out vieram para ficar, mesmo depois da Covid.

Amphora Wine Day

Amphora Wine Day regressa com mais produtores e com conversas sobre vinhos de talha

preços

Produtos de saúde e beleza com as maiores subidas de preço em 2022