in

Campo Pequeno acolhe o maior Mercado de Natal com projetos portugueses

Até 4 de dezembro, a arena do Campo Pequeno recebe antecipadamente o Natal, com uma montra de projetos e produtos 100% nacionais.

A sexta edição do Mercado de Natal, que espera cerca de 25 mil visitantes, conta com mais de 100 expositores, que apresentam artigos de autor e peças de design exclusivamente de origem portuguesa, maioritariamente inspiradas nas artes e nos ofícios tradicionais, bem como em tendências artísticas contemporâneas.

A principal novidade em 2016 é a criação de um novo espaço, o Second Chance, no piso 1, que contará com 35 expositores, com um conceito dedicado à sustentabilidade e ao Eco Lifestyle. “O Second Chance tem como principal meta e característica a criação de um novo espaço de negócio que integra projetos sustentáveis, tais como marcas Bio e Eco e também aquelas que optam por processos de reciclagem e reutilização, promovendo práticas de consumo assentes no comércio justo e na produção responsável. Acreditamos que esta primeira edição do Second Chance, aliada à sexta edição do Mercado de Natal do Campo Pequeno, vai uma vez mais marcar a agenda da época natalícia”, refere Luciana Megre, responsável da organização.

O Mercado de Natal do Campo Pequeno estabeleceu, desde o início, o compromisso de ter, no mínimo, 30% de novidades todos os anos, com o objetivo primordial de dar palco e divulgar pequenos negócios e artes, muitas vezes desconhecidos do público. “Ao disponibilizar um espaço privilegiado no coração de Lisboa para os pequenos e médios artesãos, artistas e criadores, procuramos ir ao encontro do público que começa a valorizar a originalidade e qualidade destes produtos que não encontra nas grandes superfícies”, conclui Anabela Oliveira, co-organizadora do evento.

Diariamente, das 11h30 às 21h30, os visitantes podem encontrar peças originais, do tradicional ao contemporâneo, a preços atrativos, contribuindo para a sustentabilidade de pequenos ofícios e para o desenvolvimento da microeconomia nacional.

O bilhete de entrada no Mercado de Natal tem o valor de dois euros, dedutível em compras iguais ou superiores a oito euros.

Publicidade

Coca-Cola vai expandir portfólio de bebidas espirituosas

Amazon lança campanha que permite às empresas portuguesas vender em toda a Europa