in

C&A lança loja online para Portugal

A C&A acaba de reforçar a sua presença online, com o lançamento de uma nova loja online europeia. Com esta nova plataforma, a C&A irá mais do que duplicar a sua atividade de comércio eletrónico, passando de nove para 20 os países com acesso à venda online da marca, incluindo Portugal.   

Com entregas em todo o Portugal Continental, Açores (onde a marca não dispõe de nenhuma loja física) e Madeira (onde existe uma loja física C&A, no Funchal), a plataforma tem uma oferta e preço estandardizados, em euros, e está disponível unicamente em inglês.

Para além de Portugal, os restantes países que têm agora acesso aos produtos C&A online são a Croácia, Roménia, Eslováquia, Eslovénia, República Checa e Hungria, onde a marca tem já sucursais, e ainda Dinamarca, Finlândia, Grécia e Suécia, locais onde a empresa não tem representação. “Esta nova loja online é um grande passo na expansão da nossa atividade digital”, afirma Andreas Hammer, diretor de comércio eletrónico na C&A Europa. “Sabemos que muitas pessoas destes 11 países lamentam o facto de não poderem comprar as nossas peças online. Por isso, o lançamento da nossa loja europeia representa uma ótima notícia para todos”, acrescenta.

A nova loja online europeia da C&A é uma plataforma estandardizada, em inglês, para clientes de 11 países da Europa. “Esta plataforma merece, efetivamente, receber o nome de loja online europeia: não importa de que país seja o cliente, uma vez que a oferta e os preços são totalmente idênticos”, refere Andreas Hammer.

Atualmente, a C&A tem já lojas online nos idiomas nacionais respetivos para os mercados da Alemanha, Áustria, Bélgica, Espanha, França, Itália, Países Baixos, Polónia e Suíça. Para os clientes destes mercados, não haverá qualquer alteração fruto do lançamento da loja online europeia, uma vez que poderão continuar a utilizar as plataformas disponíveis para o seu país, no seu próprio idioma.

Publicidade

Menos vendas para a Kraft Heinz

GEFCO estabelece parceria com a Techstars para fomentar a inovação