in

C&A doa 240.000 máscaras protetoras a profissionais de saúde

A C&A irá doar 240 mil máscaras protetoras a vários hospitais em toda a Europa, para ajudar a conter e prevenir a disseminação do coronavírus.

De acordo com a Organização Mundial de Saúde, o uso de máscaras é aconselhável para os profissionais ou membros do público em geral que cuidam de pessoas com suspeitas de infeção do COVID-19, ou se ela próprias se encontram com manifestações de sintomas, tais como espirros e tosse.

A decisão segue os avisos de uma escassez global de abastecimento de máscaras protetoras, que registaram stocks perigosamente baixos destes materiais para os profissionais de saúde na maioria dos países europeus.  Estamos juntos nesta situação sem precedentes e precisamos de alavancar os nossos conhecimentos sobre os stocks e cadeias de abastecimento para apoiar os profissionais de saúde que trabalham na linha da frente no tratamento dos pacientes”, refere Domingos Esteves, diretor geral da C&A na Península Ibérica.

Para proteger os seus funcionários e seguir as recomendações do governo, a C&A organizou-se de forma a que a maioria dos funcionários de escritório pudessem trabalhar a partir de casa, até indicações em contrário. Atualmente, a maioria das 1.400 lojas de retalho de moda dos 18 países europeus estão temporariamente encerradas devido ao surto de COVID-19. A loja online da empresa permanece em funcionamento 24 horas por dia, sete dias por semana, oferecendo agora entrega ao domicílio gratuita e uma política de devolução mais alargada.

Imperial oferece mais de 2.500 tabletes de chocolate a profissionais de saúde

Huawei Mate Xs à venda em Portugal