in ,

Black Friday gera uma ‘avalanche’ na Walmart

Os compradores norte-americanos gastaram 2.400 milhões de dólares (2.109 milhões de euros) online no dia 21 de novembro, data de início oficial da Black Friday, num enorme aumento de 31,8%, em relação a 2017, segundo dados da Adobe Analytics.

Às 10 horas do dia seguinte, os compradores tinham gasto mais 406 milhões de dólares (357 milhões de euros) em compras online e, às 17 horas, a despesa já era de 1.750 milhões de dólares (1.538 milhões de euros), representando um crescimento de 28,6% em relação ao ano passado.

Sempre que a Black Friday começa antecipadamente, representa uma desvantagem, por coincidir com o Dia de Ação de Graças. Este ano, por exemplo, empresas como a Walmart tiveram que lidar com grandes problemas de stock e logística.

Na noite de quarta-feira, os clientes que quiseram comprar online na Walmart e enfrentaram várias dificuldades técnicasque não hesitaram em partilhar nas redes sociais. Outras grandes empresas, como a Lululemon, também “explodiram” na quinta-feira,  multiplicando por cinco o tráfego na sua web. “Sabíamos que seria um dia agitado e pensamos que a tecnologia escapou desta vez“, explica a empresa na sua conta no Facebook. “Compreendemos perfeitamente que isso possa ser frustrante para alguém que tenta comprar online e estamos a fazer todo o possível para corrigir a situação o quanto antes“.

De acordo com Bob Buffone, diretor de tecnologia da empresa de software de otimização web Yottaa, é provável que os problemas verificados sejam baseados na falta de infraestrutura para lidar com o tráfego. “Não estar preparado adequadamente para a Black Friday é ainda pior do que ter um site bloqueado em qualquer outro dia de compras“.

Mas os problemas da Walmart foram além da web. Apesar dos esforços da empresa para ajustar, a cada ano, o seu plano para a Cyber Week, até o momento, ainda não conseguiu gerir as multidões que enchem as suas lojas no Dia de Ação de Graças. Este ano, os ajustes incluíram a reorganização das lojas para melhor canalizar os clientes para a saída e destacar os produtos populares.

Publicidade

Epson recebe a classificação EcoVadis Gold

KuantoKusta movimenta mais de 17 milhões de euros