in

Beltrão Coelho lança campanha de valorização das marcas portuguesas

Beltrão Coelho

A Beltrão Coelho, histórica empresa portuguesa especializada em managed print services, lança a campanha digital “Portuguesa de Coração”, uma forma de valorizar e unir as marcas portuguesas no atual contexto de pandemia que se vive.

O nosso coração está com todas as marcas portuguesas que passaram e ainda passam por um período menos positivo devido à pandemia de Covid-19. Quisemos transmitir também o nosso apoio e a nossa esperança de que melhores dias virão, dando força à nossa própria portugalidade, há 72 anos no mercado tecnológico. Queremos mostrar que é um orgulho sermos portugueses e dar um sinal de esperança a toda a economia nacional”, afirma Ana Cantinho, diretora-geral da Beltrão Coelho.

Numa tentativa de manter vivo o espírito da portugalidade e de apoiar todas empresas e marcas portuguesas, a Beltrão Coelho lança, assim, a campanha “Portuguesa de Coração”, como empresa 100% portuguesa que é e mostrando que é bom ser português e que é preciso apoiar a economia e as marcas nacionais no contexto excecional que se vive.

A campanha, que estará no ar até fim de setembro de 2020, está presente em todos os canais digitais da marca, mostrando que a inovação tem sido um apanágio do percurso da empresa.

Beltrão Coelho

No mercado há 72 anos, a Beltrão Coelho é uma histórica empresa familiar portuguesa, já na sua terceira geração, que começou por dedicar-se ao segmento da fotografia com o seu fundador José Augusto Beltrão Coelho.

A Beltrão Coelho foi a primeira empresa portuguesa a importar material fotográfico do Japão, em 1954, tendo representado as máquinas Polaroid (1956), Asahi Pentax (1958) e o ViewMaster (1961) em Portugal. A partir de 1961, a empresa começa a diversificar as suas atividades e passa a representar equipamentos para fotocópias.

Em 1977, António Beltrão Coelho entra na empresa do pai, passando a liderar os seus destinos e, em 1978, a Beltrão Coelho passa a representar a famosa marca de calculadoras Casio. Em 1987, com o lançamento da A. B Dick CD-ROM System, torna-se na primeira empresa a fornecer equipamentos para digitalização da informação analógica para arquivo digital.

Num percurso sempre inovador, a Beltrão Coelho foi responsável, em 2004, pela instalação das primeiras salas TIC do ensino português: em 2008, forneceu os primeiros quadros interativos das escolas públicas e, em 2011, torna-se parceira da Xerox.

2018 marca a mudança na liderança para a neta do fundador, Ana Cantinho, a terceira geração, sendo a grande novidade a criação da divisão de robótica, que trouxe para Portugal os robôs de serviço Sanbot e Cruzr.

CTT instalam Cacifos 24H com novo conceito

El Corte Inglés

El Corte Inglés entrega 100 cabazes de material escolar