in

Auchan cresce no mercado português

As vendas da Auchan Retail no sul da Europa cresceram 0,5%, catalisadas pelos mercados português e luxemburguês, face à estabilização em Espanha.

Globalmente, as vendas totalizaram 45.800 milhões de euros, menos 1,4% que em 2018. As receitas aumentaram em nove países, mas desceram na Rússia e em França (-2%), mercado que representa 38% da faturação do grupo.

O EBITDA cresceu a dois dígitos, cerca de 14%, para os 1.831 milhões de euros, com incrementos em todas as regiões. “Tivemos de tomar decisões difíceis sobre determinados temas e a iniciativa dirigida a restaurar a margem financeira está a ser implementada de acordo com o calendário previsto. Em 2019, começámos a ver os primeiros resultados destas medidas”, afirma Edgar Bonte, CEO da Auchan Retail.

Nesse sentido, a Auchan Retail vendeu ou encerrou lojas não rentáveis: 30 na Rússia, 21 em França, 17 em Espanha, cinco na China, uma na Ucrânia e uma na Polónia. Ao mesmo tempo, abandonou os mercados italiano e vietnamita. Estas ações tiveram um impacto positivo de 239 milhões de euros no EBITDA.  Com o projeto “Renaissance” em desenvolvimento nos vários mercados onde a Auchan Retail opera, é confirmado o objetivo de EBITDA de 6% em 2022.

O plano de negócios para 2022, anunciado no passado dia 14 de janeiro, está em curso em todos os mercados, na promoção do bom, do saudável e do local. No final de 2019, a Auchan incluiu 500 canais de abastecimento de agricultura responsável, a nível mundial, 70% dos quais fora de França. Espanha, Portugal e Polónia, em particular, contribuíram para o crescimento destes canais. Este ano, a Auchan Retail irá desenvolver mais 250, focados na Rússia, Taiwan e Senegal, sobretudo.

Os projetos de rastreabilidade através da tecnologia de Blockchain foram lançados em quatro países (França, Rússia, Itália e Vietname), estando previstos, em 2020, mais cinco, incluindo Portugal. A adoção do rótulo Nutri-Score também prossegue e está presente em todos os produtos de marca própria vendidos online, num total de três mil referências. A iniciativa já foi implementada no mercado português e, mais recentemente, em Espanha.

Ao nível das lojas, a Auchan Retail quer avançar na sua estratégia para as converter em plataformas locais de intercâmbio coim os parceiros. Nesta medida, está a convidar produtores a instalar stands no interior das suas lojas, onde podem vender diretamente ao consumidor, assim como a acolher pequenos espaços de outros retalhistas nas suas lojas em França (Cultura, Electrodépôt e Boulanger), na Ucrânia (Decathlon) e na Roménia (Altex).

Gillette apresenta sistema de barbear desenhado para homens com pele sensível

crise

Maioria dos portugueses admite mudar os seus hábitos devido ao COVID-19