in ,

Armário automático vertical otimiza processo de desenvolvimento do produto da Knorr

A cozinha da Knorr conta com aproximadamente 1300 ingredientes que são agora armazenados em dois tipos de caixas de específicas para o armário automático vertical ROTOMAT.

Segundo a Knorr, “todos os ingredientes foram reorganizados e armazenados para um maior conforto e ergonomia por parte dos funcionários de forma a evitar que estes tenham que se dobrar constantemente ou levantar itens acima das suas cabeças. Graças à ergonomia dos pontos de acesso, todos os ingredientes necessários a receita Knorr podem ser retiradas facilmente, respeitando o conceito ‘mercadoria ao homem’.

Todas as caixas de armazenamento têm um código de barras para digitalização automática. Para aumentar a capacidade de armazenamento, podem ser acrescentadas prateleiras intermédias que podem ser colocadas nas ranhuras perfuradas. Este fator contribui para uma rentabilização de espaço ao máximo utilizando o mínimo “footprint”.

Além disso, o stock de todos os ingredientes são monitorizados no sistema de amostragem da Unilever mantendo o inventário sempre atual. Todos estes fatores levam que o processo de “picking” seja rápido, conveniente e centralizado, otimizando os processos, aumentando a eficiência global e a produtividade.

O controlador central Hänel também mantém um registro atualizado dos locais das caixas e conteúdos. A funcionalidade Pick and Put é realizada através de scanners de código de barras. Por exemplo, quando uma caixa de ingredientes é colocada novamente no armário automático, o funcionário simplesmente passa o código de barras e o ROTOMAT traz automaticamente a prateleira e os indicadores de luz LED integrados mostra ao funcionários a posição exata a colocar a caixa em questão.

Publicidade

Portugal no TOP 5 de países com maior desequilíbrio entre oferta e procura de profissionais

Prosegur Alarmes apoia uma IPSS à escolha do cliente