in

Arena Shopping disponibiliza Caixa Solidária

“Leve o que precisar, deixe o que quiser” é o mote lançado a todos os visitantes do centro comercial

O Arena Shopping convida todos os visitantes a uma atitude mais solidária na próxima visita ao centro comercial. A administração disponibiliza agora uma Caixa Solidária num dos principais acessos, que tem como objetivo apoiar as pessoas da região, com bens essenciais de primeira necessidade, principalmente géneros alimentícios e produtos de higiene ou limpeza. A mesma está localizada no exterior do edifício, no piso 1, numa das principais entradas de acesso, junto à Boutique dos Relógios.

 

Apoio à comunidade

Tendo em conta a situação atual de cortes salariais pós pandemia, o crescente número de layoff nas empresas e o aumento de pessoas desempregadas e carenciadas na zona de Torres Vedras, a iniciativa Caixa Solidária, que tem acontecido um pouco por todo o país, pretende ser um apoio local. Quem necessitar de algum produto que esteja no seu interior, pode retirá-lo livremente da caixa, quando quiser e de forma totalmente anónima.

Sob o mote “Leve o que precisar, deixe o que quiser”, o Arena Shopping conta com o interesse e colaboração de todos, apelando ao bom senso e respeito pelo próximo, para que a Caixa Solidária não seja vandalizada e a iniciativa seja bem-sucedida. A instalação da mesma contou com o apoio do Auchan, o hipermercado presente no interior do centro comercial.

 

Medidas de segurança

Tendo em conta o panorama atual, todos os produtos deverão ser higienizados antes de serem colocados no interior (fruta, legumes e outros produtos avulso devem ser colocados em sacos de plástico, que devem ser selados e higienizados antes de serem colocados na caixa) e a sua recolha deve seguir as normas decretadas pela Direção-Geral da Saúde (uso de luvas e/ou desinfeção das mãos), de modo a diminuir a possibilidade de contágio.

Publicidade

Mercadona

Mercadona abre segundo supermercado na cidade de Aveiro

Fábrica na China

Fabricantes devem repensar as operações de produção globais