in

Amazon perde a batalha na China

A Amazon anunciou a sua retirada parcial e o encerramento de alguns serviços na China.

Desde o passado dia 18 de julho que a empresa de Jeff Bezos deixou de vender produtos de vendedores chineses na sua plataforma neste mercado, onde está presente desde 2004. Desde então, os consumidores apenas têm acesso a uma seleção do que é oferecido na plataforma global da Amazon.

A retirada da Amazon é mais uma demonstração de concorrer com as empresas locais. Em termos de comércio eletrónico, Alibaba e JD.com possuem 82% de quota de mercado. A da Amazon não ultrapassa 1%.

Publicidade

Publicidade

Flama marca presença na IFA Berlim 2019

Iberia Coop concretiza venda do AlgarveShopping e do Albufeira Retail Park