in

Amazon deixa de ser a marca mais valiosa do mundo

Foto Shutterstock

A Amazon desceu para o segundo lugar, com a Apple a tornar-se, este ano, a marca mais valiosa do mundo. Assim o indica o último relatório da Brand Finance, segundo o qual a estratégia de diversificação da Apple fez o seu valor disparar em nada menos que 87%, para chegar aos 224,2 mil milhões de euros.

A empresa fundada por Jeff Bezos passou, então para o segundo lugar das marcas mais valiosas do mundo, após um aumento de 9%, para os 216,4 mil milhões de euros. A gigante do e-commerce tem sido uma das marcas que beneficiou com o aumento do comércio eletrónico devido à pandemia, mas a consultora alerta que deve estar atenta à sua reputação.

O Google, também ultrapassado este ano pela Apple, ocupa o terceiro lugar do pódio, após um ligeiro aumento de 1%, para os 162,8 mil milhões de euros.

 

Walmart no top 10

Nesta classificação do valor da marca, no top 10 está também a retalhista Walmart, que foi uma das pioneiras no sector do retalho no apoio ao combate ao coronavírus. A rede colocou à disposição cinco das suas lojas Walmart e Sam’s Club para poder a vacinação dos cidadãos norte-americanos.

Microsoft, Samsung, Facebook, ICBC, Verizon e WeChat completam as primeiras 10 posições no ranking Brand Finance.

Publicidade

SCC

Maria Oliveira assume cargo de diretora de Marketing da SCC

ACVCA

ACVCA apresenta o Vidigueira Superior Tinto