in

Amazon ultrapassa Apple e Google como a marca mais valiosa do mundo

A Amazon tornou-se a marca mais valiosa do mundo à frente da Apple e do Google, de acordo com o estudo “Brand Finance, Global 500”. O valor de marca da gigante do comércio eletrónico registou um crescimento anual de 42%, atingindo o total de 150.800 milhões de dólares.

Jeff Bezos disse um dia que as marcas são ainda mais importantes na Internet do que no mundo físico“, lembra o CEO da Brand Finance, David Haigh, enfatizando que os valores e a força da marca Amazon dão permissão aos seus stakeholders abrir novos sectores e geografias. “Cada amostra sugere que a fantástica marca Amazon continuará a crescer indefinida e exponencialmente“, acrescenta.

O segundo retalhista mais valioso do mundo é Walmart, com um valor estimado em 61.480 milhões de dólares, enquanto a Alibaba completa o pódio da distribuição, com 54.921 milhões de dólares. A norte-americana The Home Depot ocupa o quarto lugar no sector (33.748 milhões), ao passo que a Coca-Cola surge como a primeira marca alimentar no ranking, com um valor de 30.378 milhões de dólares. A IKEA está posicionada no sexto lugar, com um valor estimado de 24.351 milhões de dólares, enquanto a Pepsi está longe da sua principal rival, com 20.035 milhões de dólares.

O avanço experimentado no ano passado pela JD.com reflete o “boom” do retalho chinês, com um valor de 19.623 milhões. O nono operador de distribuição e consumo mais valorizado é a Nestlé (19.370 milhões de dólares), enquanto a empresa de moda sueca H&M fecha o top 10 (18.959 milhões).

Publicidade

7-Eleven completa a aquisição da Sunoco

Escândalo da salmonela custa à Lactalis centenas de milhões de euros