in ,

Alibaba investe 12.700 milhões de euros em tecnologias disruptivas

A Alibaba vai investir 12.700 milhões de euros, nos próximos três anos, para abrir uma rede de centros de investigação e desenvolvimento por todo o mundo. O montante é mais do dobro do investido, com este mesmo objetivo, pela gigante chinesa do comércio eletrónico nos últimos três anos.

A empresa vai abrir sete centros, designadamente dois nos Estados Unidos da América, dois na China, um na Rússia, um em Israel e um em Singapura, vocacionados para áreas como a inteligência artificial e análise de dados, a Internet das Coisas, as tecnologias aplicadas ao mundo financeiro e a computação quântica. Os esforços serão também destinados à computação visual e segurança na rede. Os laboratórios irão ajudar a Alibaba a resolver alguns dos problemas atualmente enfrentados pelos seus negócios.

A empresa conta já com um laboratório científico na Califórnia e centros de dados na Europa, Japão, Índia, Indonésia e Médio Oriente. As novas instalações contarão com mais de 100 investigadores, que se irão juntar à equipa de 25 mil engenheiros e cientistas da Alibaba.

Publicidade

PepsiCo aposta no comércio eletrónico

Ahold Delhaize testa robot na assistência aos clientes