in

Aldi quer 100% de algodão sustentável até 2025

Em 2015, os grupos Aldi Nord e Aldi Sud, juntamente com 80 retalhistas de moda internacionais, aderiram ao Compromisso Detox da Greenpeace, que visa eliminar produtos químicos indesejáveis das cadeias de fornecimento de têxteis e calçado.

O “ALDI Detox Report 2020”, agora publicado, resume o caminho seguido nos últimos cinco anos e fornece uma visão abrangente das medidas tomadas para cumprir com o Compromisso de Detox.

A estratégia do Aldi centra-se em seis áreas: mudança contínua, gestão de produtos químicos, das cadeias de abastecimento e de dados, bem como diálogo com as partes interessadas e formação.

Desta forma, o Aldi melhorou a transparência na cadeia de abastecimento, promoveu a eliminação de substâncias químicas perigosas na cadeia de abastecimento e nos produtos e contribuiu para uma redução da pegada ambiental dos seus têxteis e calçado.

 

Objetivos para o futuro

Com base nos resultados alcançados até agora, o Aldi reforça a sua cooperação com os seus parceiros. As principais áreas de enfoque, para além de 2020, são a consecução da meta de 100% de algodão sustentável, até 2025, a implementação de medidas na gestão de substâncias químicas nos países e locais de produção com maiores riscos, bem como a expansão dos programas orientados para o desenvolvimento de capacidades dos parceiros comerciais.

O relatório final “ALDI Detox Report 2020” está disponível online em aldi.pt/detox.

Publicidade

Crescimento

Crescimento das marcas não depende só da sua proeminência

Jungheinrich iões de lítio

Tecnologia de iões de lítio ganha terreno em Portugal