in

AB InBev vende mais cerveja, mas margens diminuem

AB InBev

A AB InBev vendeu mais cerveja em 2021, mas foi forçada a lidar com margens cada vez menores. A gigante cervejeira espera que essa tendência continue em 2022.

A receita da AB InBev aumentou 15,6%, no ano passado, e atingiu 54,3 mil milhões de dólares (48,7 mil milhões de euros). O grupo vendeu quase 582 milhões de hectolitros de cerveja, quase um décimo a mais do que em 2020.

As vendas cresceram mais fortemente na América Central e do Sul, com um crescimento de 24,8% e 26,3%, respetivamente. A região Europa-África-Médio Oriente viu a sua receita crescer 18%.

 

Margens sob pressão

No entanto, as margens de lucro estão sob pressão, devido ao aumento dos custos de matérias-primas, transporte e mão-de-obra.

O lucro operacional bruto foi de 19,2 mil milhões de dólares (17,2 mil milhões de euros), num aumento de 11,8%. No entanto, a margem EBITDA caiu 118 pontos base, para 35,4%.

Nhood Portugal

Nhood Portugal aposta na mobilidade suave com novo serviço Bikepod

exportações

Os cinco mercados mais promissores de 2022