in ,

5 chaves para o regresso à atividade dos centros comerciais

O distanciamento social também terá de estar muito presente nos planos dos centros comerciais

A reordenação dos espaços, o impulso do canal online, a reorientação das políticas sociais, o reforço do diálogo com os retalhistas e a visibilidade das medidas de higiene são alguns dos aspetos-chave que marcarão o regresso à atividade dos centros comerciais, uma vez superada a crise sanitária causada pela pandemia por Covid-19.

De acordo com o guia “Marketing para centros comerciais 2020”, elaborado pela consultora Bannister Global, a confiança do utilizador para regressar aos espaços públicos vai depender, em grande medida, das medidas tomadas em matéria de segurança e higiene, assim como da capacidade de lhes dar visibilidade e de as comunicar.

De igual modo, o distanciamento social também terá de estar muito presente nos planos dos centros comerciais, que deverão reordenar os seus espaços para facilitar este novo modo de relacionamento. Em consideração terão de estar aspetos como a reorganização das filas, a sinalética e o aproveitamento dos espaços exteriores.

O documento menciona também a digitalização, já que o isolamento aproximou deste canal públicos que anteriormente não o utilizava. “Este é o momento de potenciar o desenvolvimento online dos operadores e de ajudar os pequenos e médios comércios que não pertençam a grandes cadeias a desenvolver novos procedimentos”, indica a Bannister Global.

Por outro lado, os centros comerciais, como espaços de entretenimento e lazer, terão de reorientar a sua estratégia de responsabilidade social corporativa para se converter em agentes de mudança social e contribuir para a recuperação emocional de todos, já que muitas pessoas sairão afetadas desta crise.

Finalmente, o guia também destaca a necessidade de escutar os operadores e que a planificação de qualquer estratégia deverá tê-los em conta e responder, em primeiro lugar, às suas necessidades. “A propriedade deve ser sensível às suas expectativas e pôr à sua disposição todas as ferramentas que permitam a reativação do negócio: bonificação das rendas, compras de stocks para fazer ações promocionais, etc.”.

Publicidade

serviço de compra telefónica nas lojas Clarel

DIA implementa serviço de compra telefónica nas lojas Clarel

Mais de 150 lojas Amanhecer estão a possibilitar aos clientes receber as suas compras no conforto e na segurança do lar

Mais de 150 lojas Amanhecer entregam compras em casa