in

Symington faz primeiro lançamento digital mundial de um Porto Vintage

Depois de, no ano passado, se ter assistido à declaração inédita de Porto Vintage de dois anos consecutivos na história da família – 2016 e 2017 –, a Symington Family Estates anunciou o lançamento dos seus Vintage 2018. Provenientes de seis das principais propriedades da família, os Portos Vintage de Quinta de 2018 vão ser lançados através daquela que será a primeira apresentação de um Porto Vintage digital a nível mundial, no dia 14 de maio.

Dado o seu carácter internacional, a apresentação online será feita em língua inglesa e, para assistir, é necessário o registo prévio, através do link www.bit.ly/symington-2018-vintage.

No ano de 2018, foram produzidas pequenas quantidades de Portos Vintage, que, devido às alterações climatéricas, sofreram um ciclo de crescimento irregular. Apesar dos desafios impostos por uma seca prolongada no inverno, chuvas fortes na primavera e ondas de calor durante a fase final das maturações, os vinhos caraterizam-se por “uma acidez e frescura que refletem as características específicas de cada uma das parcelas dentro das várias propriedades”, detalha a Symington. Dentro das castas, destaca-se a Touriga Franca, de maturação tardia, que sobressaiu durante a vindima soalheira. Apesar das produções terem sido baixas, cerca de 11% abaixo da média de 10 anos das vinhas da Symington, o resultado são vinhos com uma grande concentração.

Dos seis Porto Vintage agora anunciados, a família selecionou dois vinhos para lançar “en primeur” este ano: o Quinta do Vesúvio e o Quinta da Senhora da Ribeira. Por enquanto, os outros Vintage de Quinta do ano de 2018 – como o Graham’s Quinta dos Malvedos, Dow’s Quinta do Bomfim, Warre’s Quinta da Cavadinha e Cockburn’s Quinta dos Canais – vão envelhecer nas caves da Symington, localizadas em Vila Nova de Gaia, para futuro lançamento. “Cada primavera provamos os melhores Portos novos, oriundos de cada uma das nossas principais quintas de colheita, de há 18 meses. Este é o ponto de partida para revermos o potencial Vintage de cada ano e, a partir daí, decidir o que lançar. Seja uma ‘super’ lotação que reúna o melhor das principais quintas de cada casa – que designamos Vintage declarado clássico – ou, como em 2018, a expressão suprema dos terroir do Douro, como Portos Vintage individuais de Quinta ou Single Quinta. Estes incríveis Portos Vintage novos representam o expoente absoluto da produção do ano, elaborados em pequenas quantidades, nas pequenas adegas especializadas de cada propriedade e acredito que proporcionarão muito prazer ao longo das próximas décadas”, refere Charles Symington, enólogo da quarta geração da Symington Family Estates.

Isolamento está a mudar o papel das marcas na vida dos consumidores

Nescafé

Covid-19 com impacto profundo no sector do café