in

115 centrais fotovoltaicas alimentam estruturas da Sonae MC

Na semana em que se assinala o Dia Nacional da Energia, celebrado esta terça-feira, dia 29 de maio, para alertar a população para a necessidade de se adotarem medidas de eficiência energética, a Sonae MC revela que as suas estruturas – lojas e entrepostos – já são alimentadas em parte por 115 centrais fotovoltaicas, que ocupam uma área superior a oito campos de futebol.

A empresa adianta ainda que a aposta na energia solar se refletiu na instalação de 26 novas centrais fotovoltaicas, entre 2017 e os primeiros meses deste ano, o que permitiu reduzir, ainda mais, a dependência energética dos edifícios da companhia. Em 2017, a Sonae MC conseguiu reduzir em 3,3% o seu consumo elétrico e 2,9% das emissões de CO2.

As novas centrais fotovoltaicas funcionam em regime de autoconsumo, o que quer dizer que toda a energia que produzem é consumida diretamente pelas lojas, podendo gerar poupanças energéticas na ordem dos 20% por unidade, dependendo da área instalada e do período de impacto solar.

A instalação destas centrais faz parte de um esforço integrado de melhoria do desempenho ambiental e energético da Sonae MC, que compreende também a instalação de equipamentos mais eficientes, em termos de produção de frio, eletricidade e ar condicionado.

Recorde-se que, no capítulo da eficiência energética, as estruturas Sonae MC têm 56 certificações ambientais, de acordo com a norma ISO 14001, e a marca Continente, detida pela empresa, foi reconhecida, em 2017, como Marca de Confiança Ambiente, pelo oitavo ano consecutivo.

Publicidade

Global Wines em destaque no Dão Primores

Yoyoso inaugura primeiro espaço em Portugal