in

Zolve e ENGIE Hemera concluem instalação de projeto fotovoltaico

Plataforma logística de Riachos, em Torres Novas, recebeu 4 mil painéis fotovoltaicos

Imagem: Shutterstock

A Zolve instalou perto de quatro mil painéis fotovoltaicos para autoconsumo que ocuparão uma área equivalente a cerca de dois campos de futebol. 

O projeto, com uma potência instalada de 1,3 MW, vai gerar, para a Zolve, uma autonomia energética de 27% e evitar a emissão de 500 toneladas de CO2, reduzindo, assim, a sua pegada ecológica. 

A instalação de um sistema solar fotovoltaico para autoconsumo na plataforma da Zolve, em Torres Novas, através da solução desenvolvida pela ENGIE Hemera, vai permitir produzir e consumir energia renovável, reforçando o seu compromisso com a sustentabilidade e a poupança de energia. 

 

Área total

Os cerca de quatro mil módulos instalados ocupam uma área total de 22 mil metros quadrados, o equivalente a cerca de dois campos de futebol, e atingirão uma potência instalada de 1,3 megawatt-pico (MWp), gerando, em média, 2.037 MWh/ano de energia. 

Para Vitor Figueiredo, CEO da Zolve, este é um investimento significativo, enquadrado no plano estratégico da empresa e que prevê tornar o negócio mais sustentável. “O compromisso de redução da pegada de carbono gerada pela nossa atividade é algo que levamos muito a sério e que quisemos executar, apesar da crise sanitária que o mundo atravessa”, afirma. 

Já Duarte Caro de Sousa, diretor geral da ENGIE Hemera, considera que, “com este projeto, a Zolve investe num dos recursos naturais mais importantes e com maior potencial em Portugal: a energia solar. Esta aposta permite elevadas poupanças ambientais, bem como na fatura da energia”. 

Publicidade

Tlantic Workforce Management

Auchan entra no universo de clientes da Tlantic

Beiersdorf-Vincent-Warnery-280421

Vincent Warnery é o novo CEO da Beiersdorf