in

Warre’s: empresa com registo mais antigo de Portugal celebra 350 anos

Warre’s

Fundada em 1670, a Warre´s – marca gerida pela Symington Family Estates, produtora de vinhos na Região Demarcada do Douro desde o século XIX – celebra este ano o seu 350º aniversário.

Como forma de assinalar este momento histórico, a marca vai lançar 350 garrafas do seu Porto Vintage 1960, as últimas a serem disponibilizadas para venda ao público pela Warre’s. Com origem na Quinta do Retiro, e depois de guardado ao longo de 60 anos em perfeitas condições, este Porto Vintage está entre os melhores exemplos de declarações clássicas do século XX, tendo agora atingido o seu auge.

A celebração dos 350 anos vai também estender-se a outros dois vinhos de referência da marca, com um rótulo que faz uma menção especial a este aniversário. São eles o Warre’s Warrior – que detém o título de marca registada mais antiga de vinho do Porto exportada de forma ininterrupta desde meados da década de 1750 – e o Warre’s Bottle-Aged Late Bottled Vintage – que se distingue da maioria dos Portos LBV por ser envelhecido em garrafa, vários anos antes de ser colocado no mercado.

Warre’s

Desde sempre de propriedade familiar, a Warre’s foi a primeira empresa de vinho do Porto de origem britânica estabelecida em Portugal, sendo a mais antiga empresa registada no país ainda a operar nos dias de hoje, e também uma das mais antigas na Europa.

A Warre’s é sinónimo da própria história dos britânicos no Porto: durante a Guerra Peninsular, a maioria dos exportadores de vinho do Porto estrangeiros abandonaram a cidade, mas William Warre (membro da família de exportadores de vinho do Porto) juntou-se ao exército do Duque de Wellington e lutou para libertar Portugal dos franceses, tendo sido inclusive condecorado pela sua valentia.

A marca deu início à tradição de envelhecer os vinhos do Porto no clima marítimo e fresco de Vila Nova de Gaia, construindo aí um armazém no início do século XVIII. George Warre foi um dos primeiros mercadores de vinho do Porto a fazer importantes aquisições de vinhas no vale do Douro na década de 1890, comprando três importantes quintas, duas das quais ainda na posse da Symington Family Estates. A ligação à família dá-se em 1905, quando Andrew James Symington e sua mulher anglo-portuguesa, cujos antepassados já exportavam vinho do Porto desde 1652, se tornaram sócios da Warre’s. Em meados da década de 1960, a família Warre vendeu as suas participações aos Symington, que passaram a ser os únicos proprietários da empresa.

Mais recentemente, em 1999, a Warre’s lançou o Otima, um Porto Tawny 10 Anos. Comercializado numa elegante e moderna garrafa de vidro transparente, foi a primeira vez que o vinho do Porto foi apresentado desta forma. Tendo o seu sucesso junto do público comprovado, o Otima é símbolo de uma nova abordagem e dinâmica no setor dos Vinhos do Porto. Em Portugal, a Warre’s é distribuída pela Portfolio Vinhos.

Exportações

Exportações diminuem 7,3% e importações 21,2% em julho

Samsung

Samsung recebe certificação do Royal National Institute of Blind People