Grupo STEF
in

Volume de negócios do Grupo STEF desce 8,6%

O Grupo STEF anunciou, em comunicado, que verificou uma queda de 8,6% do seu volume de negócios, no ano passado, comparativamente a 2019, para um total de 3.145 milhões de euros.

2020 terá sido um ano invulgar, marcado pela crise sanitária e pelas suas consequências económicas. Os nossos resultados atestam a solidez das bases do grupo face a esta situação“, refere Stanislas Lemor, presidente e diretor geral do Grupo STEF. “O ano ter-nos-á permitido reforçar o nosso posicionamento em três países da Europa Ocidental e do Sul e, doravante, oferecer aos nossos clientes uma melhor cobertura na Alemanha, na Europa Central e na Europa do Norte. Permitiu-nos, ainda, acelerar a nossa transformação, nomeadamente, nas novas tecnologias, em consonância com as expectativas dos nossos clientes. Estes elementos permitirão ao grupo reforçar a sua capacidade em oferecer aos seus clientes soluções inovadoras e adaptadas aos novos desafios da ‘supply chain’ pós-Covid“, continua o responsável.

Os resultados anuais do grupo foram impactados pela crise sanitária. O resultado operacional contraiu-se em 28%, com uma taxa de margem em baixa de 1,3 pontos em relação a 2019. O endividamento manteve-se relativamente estável ,com um gearing de 111%, apesar das aquisições e dos investimentos realizados ao longo do período, com um montante global de 247 milhões de euros.

 

Perspetivas para 2021

O grupo demonstrou “uma capacidade de adaptação e uma resiliência que lhe permitiram passar o ano sem prejudicar as suas capacidades de desenvolvimento e investimento“, refere em comunicado.

Dispõe ainda dos recursos necessários para reagir assim que as condições estejam reunidas e manter os seus objetivos de recrutamento para 2021. A integração das atividades recentemente adquiridas, o  dinamismo comercial, bem como a recente atribuição de uma delegação de serviço público para as atividades marítimas deveriam contribuir para a melhoria da sua performance.

Assim, o Conselho de administração decidiu propor à Assembleia Geral de 29 de abril de 2021 o pagamento de um dividendo de 2,5 euros por ação, em complemento do pagamento por conta de 1,5 euros atribuído em 2020.

Por fim, o grupo decidiu manter e acelerar, em 2021, as suas ações em prol de uma pegada ambiental mais virtuosa, traçando um ambicioso plano.

Worten Transforma

Worten Transforma já doou mais de 2 milhões de euros

Carmo Wood

Carmo Wood lança gama de mobiliário de escritório 100% nacional e em madeira