in

Vinted chega a Portugal

Primeiro unicórnio da Lituânia chega ao mercado português para tornar o consumo circular mais acessível

Com a missão de tornar a moda em segunda mão uma primeira escolha, a Vinted tem uma plataforma em crescimento constante, com mais de 45 milhões de utilizadores em 12 países da Europa, Estados Unidos e Canadá. Chega agora a Portugal, para tornar a compra e venda de roupa e acessórios em segunda mão mais acessível aos portugueses, através de uma plataforma fácil de usar, de consumidor para consumidor.

A Vinted nasceu em 2008, em Vilnius, na Lituânia, pelas mãos de Milda Mitkute, que, depois de uma mudança de casa, se apercebeu da quantidade de roupa que tinha e não estava a usar. Com a ajuda de Justas Janauskas, começou a Vinted, como um projeto pessoal para “destralhar” o armário pessoal, acabando por se tornar uma comunidade global.

 

Potencial do mercado da segunda mão

Estamos muito contentes por entrar no mercado português e de receber novas pessoas na nossa comunidade em constante crescimento. O mercado online está-se a tornar cada vez mais relevante e o mercado da segunda mão, em Portugal, tem um grande potencial. Estamos ansiosos para desbloquear todo esse potencial e tornar esse mercado acessível a todos, pois a nossa pesquisa mostra que a economia circular é já algo que interessa aos portugueses. A Vinted alia este ‘mindset’ a uma solução segura e fácil de usar para destralhar ou para adquirir artigos e peças de moda”, diz Thomas Plantenga, CEO da Vinted.

De acordo com uma pesquisa feita pela Vinted, cerca de 40% dos consumidores portugueses consultados declara que reduzir o desperdício e consumir de forma mais inteligente seriam as suas principais motivações para aderir à moda em segunda mão, além de servir propósitos económicos. Metade das pessoas que vendem roupa em segunda mão fá-lo para ganhar algum dinheiro extra.

 

Como comprar e vender artigos

Os portugueses já têm a possibilidade de se registar gratuitamente, começar a “destralhar” os seus armários e fazer o upload dos seus artigos, para que os possam vender, sem taxas, recebendo 100% do valor da venda. Os compradores podem gravar as suas preferências e descobrir grandes oportunidades a baixos preços.

Os portugueses vão também usufruir da Buyer Protection (Proteção do Comprador), disponível no mercado europeu, por 5% do valor total do artigo e uma taxa adicional de 70 cêntimos. Além disso, poderão contar também com várias opções de envio a baixos preços, além do apoio ao consumidor e um sistema de pagamento verificado, com transações seguras.

Os membros portugueses vão também ter a oportunidade de negociar com 21 milhões de membros de França e Espanha, através de sistemas de pagamentos seguros, aumentando a probabilidade de vender os seus artigos mais rapidamente e ter acesso a mais opções, desde o início, para várias categorias: mulher, homem, criança e acessórios da casa.

A plataforma da Vinted está disponível através do site www.vinted.pt ou do download gratuito da app, disponível para Android e iOS.

Publicidade

GoodSkin MD

P&G lança nova marca de cuidados da pele

ASAE

ASAE fiscaliza venda online de artigos de desporto