in

Vinalda distribui vinhos da Quinta de S. Sebastião

Em agosto, os vinhos das marcas S. Sebastião e Mina Velha, produzidos pela Quinta de S. Sebastião, na Arruda dos Vinhos, vêm reforçar o portfólio da Vinalda.

O projeto da Quinta de S. Sebastião nasceu da vontade do seu proprietário, António Parente, em colocar no mapa a região de Arruda dos Vinhos, unindo vários produtores locais num projeto único, sob a umbrela da quinta. “Um marco da própria vida, associado à memória e ligação com a terra, fizeram da Quinta de S. Sebastião o meu lugar“, confessa António Parente. “A minha paixão não são os vinhos, mas o que eles contam sobre um lugar. A minha ligação com a terra vem das memórias de infância, em especial da paixão pelos cavalos, pela sensação de liberdade e pela relação de afinidade que estes exigem. É este o espírito com que me dediquei à produção dos vinhos da Quinta de S. Sebastião”.

Por seu lado, Luís Oliva, diretor da Multiwines, empresa do grupo Madre que detém a produção dos vinhos da Quinta de S. Sebastião, afirma que “vemos com muito agrado esta relação com a Vinalda que nos ajudará a construir marca e a avançar nesta mudança”.

A Quinta de S. Sebastião tem hoje várias marcas, no mercado nacional e internacional, tendo uma boa capacidade de crescimento alavancada na parceria com alguns produtores da zona da Arruda. A equipa de produção acompanha diretamente todas as vinhas, de castas nacionais e internacionais, de diversas idades e com altitudes entre os 70 e os 450 metros.

José Espírito Santo, diretor geral da Vinalda, diz que “os vinhos da Quinta de S. Sebastião vêm trazer mais diversidade e competitividade ao nosso portfólio, numa região que tem registado grande crescimento”. Ao mesmo tempo, salienta que “é uma aposta no renascer de uma sub-região com muita história, como é a Arruda dos Vinhos”.

E se a Ahold Delhaize se fundisse com a Kroger?

Vendas online da Walmart aumentam 37% durante o 2.º trimestre