in ,

Vendas da Unilever caem 1,8%

A faturação da Unilever caiu 1,8%, nos primeiros nove meses do ano, em comparação com o mesmo período do exercício passado. No total, o volume de negócios somou 38.622 milhões de euros.

As vendas de produtos de beleza e de cuidados pessoais desceram 2%, para os 15.948 milhões de euros, enquanto que as da divisão do lar retrocederam 2,3%, para os 7.912 milhões de euros. Já nos produtos de alimentação, as vendas caíram 1,3%, entre janeiro e setembro, totalizando 14.762 milhões de euros.

Na Europa, as vendas diminuíram 1,6%, para os 8.635 milhões de euros, enquanto que na América baixaram 0,7%, para os 12.200 milhões de euros. Na Ásia, a queda foi de 2,6%, para os 17.788 milhões de euros.

 

3.º trimestre

No terceiro trimestre, o volume de negócios da Unilever caiu 2,4%, em comparação com o mesmo período de 2019, totalizando 12.930 milhões de euros.

O ambiente no qual estamos a operar continuará a ser imprevisível a curto prazo, pelo que continuaremos a manter a velocidade e agilidade da nossa resposta. O nosso foco continua a ser o crescimento competitivo com base no volume, gerando benefícios absolutos e casn flow livre”, assinala Alan Jope, CEO da Unilever.

Publicidade

Delta Q TikTok

Delta Q à procura de Tik Tokers para representar a marca durante 6 meses

Poupar

Aumenta para 75% os portugueses que têm por hábito poupar